Milho mais caro em janeiro
CI
Agronegócio

Milho mais caro em janeiro

Falta de chuvas em algumas regiões produtoras pressionou para cima as cotações
Por:
A falta de chuvas em algumas regiões produtoras, em especial no Sul do país, pressionou para cima as cotações do milho.

Em São Paulo houve alta de 3,9% nos preços, na comparação com dezembro de 2011.

Segundo levantamento da Scot Consultoria, a tonelada do alimento tem sido vendida, em média, por R$530,00 no estado.

Considerando a praça de São Paulo, atualmente são necessárias 5,3 arrobas de boi gordo para a compra de uma tonelada de milho grão.

O milho mais caro e as recentes quedas do preço do boi gordo prejudicaram o poder de compra do pecuarista em relação ao insumo nos últimos meses.

Em curto e médio prazos é preciso analisar o real impacto do clima adverso sobre a produtividade das lavouras.

Por outro lado, é preciso considerar também a chegada do milho novo no mercado. Em algumas regiões a colheita começou.

Cabe destacar ainda os estoques de passagem que somam mais de 9 milhões de toneladas.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.