Agronegócio

Milho tem a maior redução de área no Paraná

As culturas que mais apontam aumento de lavouras nesta safra são o feijão e a soja
Por: -Antonio Márcio
6 acessos

O Departamento de Economia Rural (Deral), da Secretaria da Agricultura do Paraná, divulgou o quarto levantamento de estimativa da safra de verão 2006/07. De acordo com os técnicos do Deral, está ocorrendo uma migração de áreas de milho (com redução de 12,8%), mandioca (7,9%), fumo (10,0%) e arroz (6,4%) para outras culturas, o que representa 220,3 mil hectares a menos.

As culturas que mais absorvem áreas e apontam aumento de lavouras nesta safra são o feijão e a soja, com 11,8% e 1,1% respectivamente, o que corresponde a 85,9 mil hectares. Outros 128 mil hectares estão sendo direcionados para outras atividades, como a cana-de-açúcar, que deve absorver 77 mil hectares, e pastagem, com 50 mil hectares.

O milho deverá ocupar uma área de 1,32 milhão de hectares, o que significa uma redução de 12,8% em relação à área cultivada em 2005. São 193 mil hectares que estão sendo substituídos por outras culturas. A produção, em condições normais, é estimada em 8,16 milhões de toneladas, o que pode resultar em aumento de 6,1% em relação à safra passada. De acordo com o Deral, o maior decréscimo da área ocorre nas regiões de Paranavaí e de Pato Branco, onde a redução na intenção de plantio é de 35%. Já nas regiões de Campo Mourão e Maringá, haverá expansão de 3,3% e 6,9% respectivamente. As maiores regiões produtores de milho do Estado são Ponta Grossa, Curitiba, Guarapuava e Francisco Beltrão.

O levantamento foi divulgado anteontem e prevê que a produção paranaense de grãos em condições normais deverá chegar a 20,76 milhões de toneladas, cerca de 18% maior do que safra passada, quando foram colhidas 17,59 milhões de toneladas.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink