Milho tem disparada, mas venda decepciona
CI
Agronegócio

Milho tem disparada, mas venda decepciona

Segundo a Conab, a produção deve totalizar 7,929 milhões de toneladas, uma safra recorde na história de Mato Grosso
Por:

A cultura que apresentou maior percentual de variação na safra 2007/2008 em relação a anterior foi a de milho. Segundo a Conab, a produção deve totalizar 7,929 milhões de toneladas, uma safra recorde na história de Mato Grosso. O volume é 35,2% maior que as 5,864 milhões de(t) colhidas no ciclo passado. Apesar dos bons números, o Instituto Mato-grossense de Economia Agrícola (Imea), baseado em uma estimativa de produção de 7,750 milhões (t), alerta que apenas 12% foi comercializado e exportado e outros 25% estão comprometidos para servir de ração para suínos, aves e bovinos no Estado.

O restante, 63% do volume produzido, ainda não foram negociados. O economista, consultor da Aol Rural, Amado de Oliveira Filho, explica que esta quantidade deve estar armazenada nos silos dos próprios produtores e de terceiros. Ele diz que após a colheita, o agricultor que não tem contratos fechados encaminha os grãos para os armazéns até que consiga vender. O consultor destaca porém, que isso onera o produtor, já que ele tem que pagar taxas para manter o produto estocado o que acaba sendo ruim, no final das contas. "Mato Grosso tem que consumir o que consegue, caso contrário terá custos com o transporte do produto e com o tratamento fitossanitário enquanto permanecer no silo, gerando", diz ao informar que no Estado ainda não existe a venda antecipada de milho.

O presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja), Glauber Silveira da Silva, complementa dizendo que como o preço do milho caiu nos últimos meses, os produtores estão tendo dificuldade para fechar as vendas. Conforme ele, a saca com 60 kg do grão chegou a ser vendida por R$ 18 e agora está uma média de R$ 11, sendo que o custo para se produzir uma saca é de R$ 14. "O produtor está tendo um prejuízo de R$ 3, mas a expectativa é vender para os estoques do governo, que está pagando uma média de R$ 14,18. Assim o produtor não fica com tanto prejuízo".


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.