Minas Gerais debate Plano Setorial de Silvicultura
CI
Agronegócio

Minas Gerais debate Plano Setorial de Silvicultura

Proposta da reunião foi alinhar a elaboração do Plano Setorial de Silvicultura ABC
Por:
Proposta da reunião foi alinhar a elaboração do Plano Setorial de Silvicultura com o de Agricultura de Baixo Carbono (ABC)

As questões relacionadas ao Plano Setorial de Silvicultura e as principais divergências entre a Lei Federal n° 1265/12 e a Lei Estadual n°14.309/02 foram debatidas na 3° Reunião Ordinária da Câmara Técnica Setorial da Silvicultura, no último dia 10 de outubro, no auditório da Superintendência Federal de Agricultura (SFA/MG).


De acordo com o chefe substituto do Serviço de Sanidade Vegetal, Fernando Costa, a proposta da reunião foi alinhar a elaboração do Plano Setorial de Silvicultura de Minas Gerais com o Plano de Agricultura de Baixo Carbono (ABC), do Governo Federal. “Conseguimos nortear as ações necessárias para o desenvolvimento da área vegetal”, ressalta Fabiano.


Na reunião, a coordenadora do Grupo ABC, Miriam Ester Soares, destacou a importância do Plano ABC e o programa de crédito rural, unificados a este plano, para fortalecer o uso de algumas tecnologias, dentre elas, o incentivo ao plantio da floresta.


O encontro serviu ainda, para que o presidente da Comissão Agropecuária da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, Antônio Carlos Arantes, explicasse o Projeto de Lei que visa à criação do Código Florestal de Minas Gerais. O grupo desta câmara temática é formado por representantes do setor de agrossilvicultura e é coordenado por Mário Winter, presidente da Associação Mineira de Silvicultura.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink