Minas Gerais recupera liderança entre os melhores produtores de café do país


Agronegócio

Minas Gerais recupera liderança entre os melhores produtores de café do país

Por:
1 acessos

Produtores de café de Minas Gerais recuperaram a posição de liderança entre os melhores produtores de café do Brasil e conquistaram o 1º lugar do Prêmio Brasil de Qualidade do Café para "Espresso", oferecido pela torrefadora italiana Illycaffè. O vencedor é Paulo Takano, de Patrocínio, no Cerrado Mineiro. Nove dos dez melhores produtores de café brasileiro do ano de 2002 são do estado e a divulgação ocorreu na última sexta-feira. A exceção foi o 7º lugar, conquistado pela Realeza Construções e Empreendimentos, de Luiz Carlos Queiroz, produtor da Bahia. É a primeira vez que um cafeicultor daquele estado nordestino ficou entre os ganhadores, comprovando a excelência dos cafés finos da região. O prêmio total de US$ 101 mil, dos quais US$ 30 mil para o primeiro colocado; US$ 20 mil para o vice-campeão; US$ 10 mil para o terceiro; US$ 5 mil para o quarto e US$ 3 mil para o quinto colocado. Os classificados da sexta à décima posição receberam US$ 1 mil, enquanto aqueles que alcançaram da 11ª à 50ª classificação ganharam US$ 700.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink