Mini-horses encantam visitantes
CI
Agronegócio

Mini-horses encantam visitantes

Por:
Os melhores animais da raça chegaram ao parque para a etapa de abertura da 11ª edição do Campeonato Nacional e roubaram a cena entre o público

Eles já estão acostumados com o assédio e reagem aos carinhos dos visitantes. Na sexta-feira pela manhã, quem roubou a cena na ExpoLondrina 2013 foram os mini-horses, que chegaram ao Parque Ney Braga (zona oeste) na noite de quinta-feira para participar da 11ª edição do Campeonato Nacional.


Medindo no máximo 98 centímetros, a raça pode ser apreciada na Pista Central do parque no sábado à tarde e amanhã, a partir das 8 horas. Ao todo, 60 animais serão julgados nas categorias macho jovem e adulto, fêmea jovem e adulta, reprodutor jovem e sênior, matriz, matriz suprema e macho castrado.

E para as estrelas deste final de semana, nada mais justo que um tratamento completo. Na sexta-feira pela manhã, após uma boa noite de descanso, os animais receberam uma alimentação balanceada que inclui alfafa e ração, tomaram banho e foram escovados.


Se para os visitantes todo esse cuidado desperta curiosidade, para os tratadores é rotina há muitos anos. Criado em uma fazenda em Socorro, interior de São Paulo, Márcio Greison, de 20 anos, é um dos domadores responsáveis por 12 animais. Com a experiência de três anos tratando apenas dos mini-horses, Greison garante que eles são dóceis e confessa ter seus preferidos. "O Avaré Harem já reconhece minha voz porque cuido dele desde pequeno. Não tem como não criar carinho com esses animais. Além de bonitos, são mansos", diz.

A economista de Telêmaco Borba (Campos Gerais), Josélia Alves da Silva Belinovski, não resistiu ao charme dos animais e posou para a foto. "Tive que tirar algumas fotos para guardar de lembrança porque eles são muito bonitos. Se eu morasse em uma chácara queria ter um, com certeza", comenta.


As amigas de Faxinal (Vale do Ivaí) que vieram visitar a feira também se encantaram com a raça. A estudante Sabrina Moreira Moura, de 17 anos, que estava na Exposição pela primeira vez, aprovou o passeio. "É maravilhoso. A feira é bem maior do que eu imaginava e cheia de animais. Eu me encantei por esses pequenos, parecem pôneis", declara.

Competição
Os mini-horses presentes no Parque Ney Braga representam o melhor da raça. De acordo com o presidente da Associação Brasileira dos Criadores, José Bastos Cruz Sobrinho, quanto maior a pontuação do animal, mais valor é agregado. "Toda raça tem um padrão e o campeonato é como um concurso de beleza. Quanto mais detalhes padronizados o animal apresentar, mais pontos ele acumula", explica.


Em todo o país, são 150 associados à entidade que funciona como um cartório de registro genealógico dos animais e essa atividade, segundo Sobrinho, tem se fortalecido a cada ano. "Existem três mercados distintos, sendo o criador, em que se busca a melhor genealogia; o de brinquedo, composto por machos e utilizados para atividades de lazer; e o mais recente mercado pet, que é comércio para estimação", detalha.

Em grandes centros como Belo Horizonte, São Paulo e Rio de Janeiro, Cruz Sobrinho comenta que é comum encontrar a raça sendo criada em quintais. Para este mercado, o valor do animal custa em média R$ 8 mil.

Serviço:

A ExpoLondrina segue até domingo. Informações no www.expolondrina2013.com.br

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.