Ministério apóia pecuaristas contra frigoríficos

Agronegócio

Ministério apóia pecuaristas contra frigoríficos

Por:
1 acessos

A CNA (Confederação Nacional da Indústria) convenceu o Ministério da Agricultura a comprar a briga dos pecuaristas com os grandes frigoríficos.

"O ministro Roberto Rodrigues deu total apoio a nossa causa", afirmou o presidente do Fórum Nacional da Pecuária da CNA, Antenor Nogueira. "Colocou a estrutura do departamento jurídico a nossa disposição e designou uma pessoa do governo para acompanhar o caso." A assessoria de imprensa do Ministério da Agricultura corroborou a versão.

Os produtores acusam os cinco maiores frigoríficos do país --Bertin, Friboi, Independência, Minerva e Marfrig-- de formação de cartel. Eles estariam agindo de forma coordenada para forçar o preço da arroba para baixo.

Juntos, esses cinco frigoríficos detêm cerca de 80% do mercado externo, nos cálculos da CNA.

Uma reunião para dar cabo ao impasse está marcada para o dia 10. Se a tentativa fracassar, a CNA denunciará os grandes frigoríficos ao Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica).

Depois do bom desempenho das exportações em 2004, os abatedouros estariam comprando ativos dos frigoríficos pequenos e impondo condições restritivas ao mercado.

Especialista na área de concorrência, o ex-presidente do Cade Ruy Coutinho defende que a SDE (Secretaria de Direito Econômico) abra procedimento o quanto antes para analisar o assunto. "Como o Brasil exporta para a União Européia, poderá acabar investigado lá fora", observou. "É bom esclarecer se há cartel rápido, antes de a dor-de-cabeça crescer."

A querela entre criadores de gado e empresários do abate ganhou vulto em 26 de janeiro, quando os pecuaristas receberam avisos dos cinco grandes frigoríficos sobre o padrão básico adotado para animais a serem abatidos, além de preços e deságios. Subscritos por abatedouros diferentes, os números eram rigorosamente idênticos.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink