Ministério da Agricultura aprova registro temporário para testes em defensivos
CI
Agronegócio

Ministério da Agricultura aprova registro temporário para testes em defensivos

Por:

O Ministério da Agricultura aprovou registro temporário para teste em defensivos agrícolas. A Ihara obteve um, para produto em teste para o controle de pragas. A FMC quatro para controle de pragas e um para controle de plantas daninhas. A Agripec está testando um para saber a quantidade de resíduos. A Syngenta, seis.

A Griffin recebeu autorização para testes do Limit, fungicida que deve ser utilizado nas culturas de batata, tomate, cacau e uva.

A Dow AgroSciences testa o Penoxsulam para verificar adaptabilidade da formulação desenvolvida em nível global e avaliar a resistência do material de embalagem.

A Cheminova testa resíduo de Tiofanato Metílico em abóbora, banana, berinjela, café, citros, ervilha, feijão, maçã, melancia, melão, morango, pepino, rosa, soja, tomate, trigo, uva e feijão-vagem.

Dentre os produtos já conhecidos e que podem ser oferecidos em novas formulações pela Syngenta, estão o Priori (Prioi Xtra) e o Engeo.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink