Ministério da Agricultura indica áreas para plantio de caju

Agronegócio

Ministério da Agricultura indica áreas para plantio de caju

Produtores nordestinos podem buscar orientações para cultivo da fruta
Por:
3722 acessos
Orientações para o plantio de caju nos nove estados da região Nordeste estão disponíveis no Zoneamento de Risco Climático publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira, 11 de fevereiro. O estudo do Ministério da Agricultura indica os municípios aptos ao plantio da fruta, tipos de solo, condições climáticas e períodos mais apropriados para as lavouras, e as variedades adequadas para cada estado.

A cultura do cajueiro (Anacardium occidentale L.) vem assumindo papel relevante na economia nordestina, em decorrência do aumento da demanda pela castanha. O desenvolvimento dessa planta tropical está bem adaptado às condições do litoral nordestino. As temperaturas favoráveis oscilam de 22ºC e 32ºC. A cultura necessita de luminosidade, precipitação acima de 1.200 mm/ano, com três a quatro meses de estiagem, no máximo, e altitudes inferiores a 600 metros. É uma planta de alta rusticidade, porém não prospera em solos rasos e muito argilosos, desenvolvendo-se bem em terras profundas, férteis e arenoargilosas.

Acesse mais informações sobre o zoneamento do caju no Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia, Piauí, Maranhão e Ceará, nas Portarias Nº 35 a 43.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink