Ministério da Agricultura promove Workshop sobre mel em MG

Agronegócio

Ministério da Agricultura promove Workshop sobre mel em MG

Workshop capacita fiscais agropecuários que trabalham em entrepostos de exportação de mel
Por: -Redação
3 acessos

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) promove, de terça (28/11) a sexta-feira (01/12), o 1º Workshop Nacional de Controle de Resíduos e Contaminantes em Mel, na Superintendência Federal de Agricultura em Minas Gerais (SFA/MG). O objetivo do evento é treinar fiscais federais agropecuários dos principais pólos de apicultura (BA/CE/MG/PI/PR/RN/RR/RS/SC/SP) que trabalham em entrepostos de mel que exportam para a União Européia (UE). O treinamento faz parte das ações desenvolvidas pelo Mapa para fazer com que a UE suspenda as restrições impostas às exportações do mel brasileiro para aquele mercado.

Com início previsto para as 14h30 de amanhã, o workshop será realizado pela Coordenação de Controle de Resíduos e Contaminantes da Secretaria de Defesa Agropecuária (CCRC/SDA). Nesses três dias, o coordenador da CCRC, Leandro Feijó, o chefe do Serviço de Controle de Resíduos da Área Animal, Heber Brenner Araújo Costa, e a assessora técnica da Divisão de Leite e Derivados do Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Dipoa), Luciana Meneghetti dos Santos, farão palestras. Além disso, darão uma aula prática sobre coleta de amostra de mel em entreposto habilitado a exportar à UE, na Companhia Nacional de Apicultura (Conap).

Os temas a serem tratados no evento estão relacionados ao Plano Nacional de Controle de Resíduos em Mel (PNCR/Mel), como legislação, amostragem, colheita oficial de amostras, ações regulatórias, procedimentos analíticos e rastreabilidade. A Divisão de Leite e Derivados abordará questões ligadas à inspeção de mel e derivados. “O workshop permitirá que os fiscais agropecuários debatam a rotulagem de mel e produtos apícolas, registro de orgânicos, cadastro de produtores, auditorias em entrepostos de mel e cera de abelha e apiários e a situação dos registros de compostos de mel e produtos não apícolas”, disse Feijó. Segundo ele, 47 servidores serão capacitados durante o workshop.

Com uma produção de 45 mil toneladas de mel em 2005, das quais 14,5 mil toneladas foram exportadas, representando US$ 18,94 milhões, o Brasil reforçou as ações na área de mel desde que a União Européia barrou os embarques do produto para aquele mercado. “As ações adotados pelo Mapa para adequar o Plano Nacional de Controle de Resíduos em Mel aos patrões sanitários europeus se encontram integralmente implantadas”, destacou Feijó. De acordo com ele, técnico do Food Veterinary Office (FVO) da UE estarão no País, a partir de 28 de fevereiro de 2007, para analisar a implementação das medidas. Do total das exportações brasileiras de mel, 80% se destinam à União Européia.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink