Ministério divulga zoneamento agrícola do feijão caupi para Pernambuco
CI
Agronegócio

Ministério divulga zoneamento agrícola do feijão caupi para Pernambuco

O feijão caupi é amplamente cultivado por pequenos produtores, constituindo-se em uma das principais culturas da região
Por: -Renata

O Diário Oficial da União publicou, nesta quarta-feira (05), a portaria número 223 do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), que define as localidades aptas para o plantio de feijão caupi no Estado de Pernambuco.

O feijão caupi, também conhecido na Região Nordeste do Brasil como feijão-de-corda ou feijão macassar, é amplamente cultivado por pequenos produtores, constituindo-se em uma das principais culturas de subsistência na maioria dos Estados da Região. No Brasil o feijão caupi é cultivado, predominantemente, na região semi-árida do nordeste e em pequenas áreas da Amazônia.

A portaria considera a necessidade de definição das regiões homogêneas de adaptação, com o objetivo de orientar a indicação de cultivares no zoneamento agrícola para o cultivo de feijão caupi no Estado de Pernambuco, para o ano-safra 2008/2009.

As temperaturas recomendadas para o bom desenvolvimento da cultura estão na faixa de 20ºC a 30ºC. Temperaturas elevadas, acima de 35ºC, prejudicam o crescimento e o desenvolvimento da cultura, exercendo influência sobre o abortamento de flores, o vingamento e a retenção final de vagens, afetando, também, o número de sementes por vagem. Além disso, temperaturas elevadas podem contribuir para a ocorrência de várias doenças, principalmente aquelas associadas às altas umidades relativas do ar.

O zoneamento agrícola orienta os produtores sobre as características da cultura, especifica os tipos de solos, períodos propícios para o plantio e relaciona os municípios considerados aptos ao cultivo de feijão caupi.

Confira a portaria 223 que trata do zoneamento agrícola de feijão caupi no Estado de Pernambuco. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.