Ministério envia relatório sanitário sobre veto da carne

Agronegócio

Ministério envia relatório sanitário sobre veto da carne

Por:
1 acessos

O Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) encaminhou esta semana ao Serviço Federal de Supervisão Veterinária e Fitossanitária da Rússia mais um relatório com informações adicionais sobre o sistema de vigilância sanitária do Brasil.

Segundo informações do Ministério da Agricultura, o documento responde as dúvidas e todos os questionamentos levantados pela equipe de veterinários russos que visitou o país no período de 15 a 28 de novembro do ano passado. Dessa vez, o ministro Roberto Rodrigues afirmou que espera que os esclarecimentos possam dar maior clareza sobre as garantias sanitárias oferecidas pelo Brasil nas exportações de carnes para a Rússia.

Com o envio desse relatório, ele acredita que o Governo russo marque a data para que uma missão técnica do ministério, junto com representantes do setor privado, viaje à Moscou ainda este mês para tratar da suspensão total do embargo às carnes bovina e suína.

Para o delegado federal de agricultura de Mato Grosso do Sul, José Antônio Roldão, assim que a liberação for conseguida pode beneficiar Mato Grosso do Sul com retomada de mercado e abertura de novos compradores.

A DFA (Delegacia Federal de Agricultura) em Mato Grosso do Sul recebeu uma delegação russa através de uma missão técnica e respondeu a todos os questionamentos que o país fez sobre sanidade animal.

Do total montante exportado para o mercado externo de carne bovina em todo Brasil, 47% sai de Mato Grosso do Sul. O embargo vigora desde setembro de 2004, quando ocorreu um foco de febre aftosa no município de Careiro do Várzea, no Amazonas.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink