Ministro da pesca reúne-se com governador
CI
Agronegócio

Ministro da pesca reúne-se com governador

Por:

Com um projeto audacioso que pretende multiplicar por cinco o superávit atual de R$ 200 milhões, num período de dois anos, o ministro da Pesca, José Fritsch, esteve ontem com o governador Germano Rigotto e com parlamentares e federações de pescadores na Assembléia Legislativa. Fritsch está percorrendo os estados para conhecer projetos que possam ajudar a construir o Plano Nacional de Desenvolvimento Sustentável da Aqüicultura e Pesca.

As diretrizes do projeto serão levadas ao presidente Lula dia 3 de fevereiro. Após a aprovação, Fritsch promoverá uma discussão nacional. A idéia é que o plano seja executado a partir de 2004. Apesar de empregar de três e quatro milhões de pessoas direta e indiretamente, o setor nunca teve políticas públicas de fomento nem sequer ministério próprio.

Para estruturar a cadeia e expandir a produção anual de 930 mil toneladas, ex-prefeito de Chapecó, contará ainda com a parceria de estados, prefeituras e cooperativas. Uma da prioridades é construir e modernizar barcos, pois as indústrias brasileiras trabalham só com embarcações arrendadas. Para criação de frigoríficos, buscará recursos do BNDES.

Conforme os cálculos, a implantação de uma indústria com capacidade para beneficiar cinco mil quilos de peixe ao dia requer investimento de até R$ 600 mil. Estudos indicam que o empreendimento se torna viável ao ser construído num raio de 70 a 80 quilômetros entre produção e industrialização. Com isso, Fritsch estima que será preciso um frigorífico a cada dez ou 12 municípios brasileiros. Antes de desembarcar no RS, visitou Goiás, Distrito Federal, Rio e Santa Catarina. Na semana que vem, estará em El Salvador participando de um congresso da FAO. Depois, segue para Nordeste e Amazonas. Em 11 de abril, voltará ao Estado para a Festa do Mar para conhecer projetos na área como fez essa semana, na Ilha da Pintada.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.