Ministro elogia contribuição da Embrapa para agricultura

Agronegócio

Ministro elogia contribuição da Embrapa para agricultura

Solenidade em comemoração aos 38 anos da instituição também foi marcada pela posse dos três novos diretores executivos da empresa
Por:
1806 acessos
Solenidade em comemoração aos 38 anos da instituição também foi marcada pela posse dos três novos diretores executivos da empresa

A Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, celebrou o aniversário de 38 anos na noite de ontem, 26 de abril, em Brasília. O ministro da Agricultura, Wagner Rossi, lembrou que a empresa é a primeira referência à agricultura brasileira no exterior. Ele dedicou à Embrapa o mérito pelo Brasil ter atualmente uma agricultura invejada pelo mundo, com um dos índices mais altos de produtividade do planeta.


“O prestígio que a Embrapa tem transcende os limites da instituição, do nosso Governo e do nosso país. Hoje, podemos dizer, que competimos em pé de igualdade com praticamente todos os grandes países produtores. Há alguns anos atrás, a nossa produtividade era escandalosamente baixa, mas esta instituição é capaz de fazer essa ligação extraordinária entre o que se produz, se pensa e se constrói intelectualmente por meio da pesquisa e da incorporação da ciência no processo produtivo”, afirmou.

Wagner Rossi destacou que a empresa adaptou a agricultura à realidade do campo brasileiro e ofereceu condições técnicas que geraram aprendizado e um extraordinário reflexo na sociedade brasileira. “O Brasil tem uma qualidade de pesquisa admirável. Para um país que há 20 anos recebia integralmente os pacotes tecnológicos prontos, que eram transferidos sem nenhuma adequação a nossa realidade. Hoje, alcançamos um nível de pesquisa empresarial que antes era absolutamente inusitado em nosso país”, declarou.


Novos diretores foram anunciados

Durante o evento, o ministro empossou a nova diretoria-executiva da Embrapa. Maurício Lopes assume a diretoria de Pesquisa e Desenvolvimento, Vania Castiglioni será a diretora de Administração e Finanças e Waldyr Stumpf Junior, diretor de Transferência de Tecnologia. O trio ocupará o cargo por um período de três anos.

“Tenho absoluta certeza de que vocês três serão bem sucedidos e que contarão com o apoio de pesquisadores, técnicos e funcionários que compõem essa casa”, elogiou.

Na mesma noite foi apresentado o Balanço Social da Pesquisa Agropecuária – que obteve um lucro social de R$ 18,16 bilhões em 2010 – e os resultados do PAC Embrapa. Também foram anunciadas 22 novas tecnologias.

O Prêmio Frederico de Menezes Veiga, instituído pela Embrapa em 1974, foi entregue àqueles que se destacaram no campo da pesquisa agropecuária. Os vencedores de 2011 foram o engenheiro florestal da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, Dario Grattapaglia, e o professor da Universidade Federal de Lavras, José Roberto Soares Scolforo. Uma homenagem especial foi feita ao pesquisador Mario Olinto Campos de Araújo pela sua expressiva participação na consolidação da Embrapa.


Como parte da solenidade de aniversário, a Embrapa assinou um termo de cooperação técnica com a Vale S/A. O objetivo é estabelecer parcerias e viabilizar projetos de pesquisas científica, tecnológica, desenvolvimento e transferência de tecnologias de interesse comum.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink