Ministro Furlan instala hoje Fórum Permanente de Exportação em Porto Alegre
CI
Agronegócio

Ministro Furlan instala hoje Fórum Permanente de Exportação em Porto Alegre

Por:

O ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Luiz Fernando Furlan, e o governador do Rio Grande do Sul, Germano Rigotto, vão instalar hoje (15-12) o Fórum Permanente de Exportação (FPEX/RS), durante reunião que ocorre na Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs), em Porto Alegre. O ato terá também a presença do secretário do Desenvolvimento e dos Assuntos Internacionais, Luis Roberto Ponte, e do presidente da Agência de Promoção de Exportações (Apex/Brasil), Juan Manuel Quirós.

Na oportunidade, além da aprovação do Regimento Interno do FPEX/RS, será efetivada uma reunião de trabalho para discutir a formação de grupos setoriais, sistematização dos trabalhos e proposição de ações relativas ao objetivo de ampliar as exportações gaúchas.

O Fórum Permanente de Exportação, criado através do Decreto n° 42.605, de 27 de outubro de 2003, tem a finalidade de opinar sobre a adoção, implementação e coordenação de políticas e medidas do Estado do Rio Grande do Sul relativas ao comércio exterior.

Coordenado pela Sedai, o FPEX/RS conta com a participação de representantes das diferentes organizações envolvidas nas atividades de exportação e contribuirá para a formulação e o monitoramento da implantação do programa Exporta/RS, que entre outras linhas de ação prioriza o serviço de Informações e Oportunidades de Negócios, Apoio a Feiras e Missões Comerciais, Inteligência Setorial e Mercadológica para Exportação e a Cooperação e Capacitação para o Comércio Exterior.

Posteriormente, às 12h, durante a reunião-almoço promovida pela Fiergs, Farsul, Fecomércio, Federação das Câmaras de Diretores Lojistas, Federasul e governo estadual, será assinado protocolo de intenções entre o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Apex e Governo do Rio Grande do Sul com vistas a incrementar as exportações do Estado.

O convênio objetiva a conjugação de esforços para o desenvolvimento do Plano Estratégico de Promoção Comercial através das maior inserção de empresas no processo exportador e a geração de empregos e renda.

O protocolo prevê a realização de ações conjuntas destinadas a prospectar mercados-alvo potenciais; apoiar os arranjos produtivos locais; desenvolver estratégia de promoção comercial; elaborar pauta de produtos dinâmicos para prospecção de mercados no exterior, disseminar a cultura exportadora, capacitação e treinamento empresarial em função de demandas setoriais; organizar missões comerciais e feiras no exterior além de estabelecer metas e acompanhar resultados.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink