MIP gera economia de R$ 125/ha
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,200 (0,72%)
| Dólar (compra) R$ 5,63 (0,59%)

Imagem: Marcel Oliveira

SOJA

MIP gera economia de R$ 125/ha

O MIP troca aplicações calendarizadas por um controle no momento adequado
Por: -Eliza Maliszewski
434 acessos

O manejo integrado de pragas (MIP) combina vários métodos para combater as pragas: químico, biológico, iscas, variedades resistentes, tudo para tentar deixar a praga em um nível que não cause dano econômico na soja. O MIP troca aplicações calendarizadas por um controle no momento adequado e, como consequência, reduz custos da lavoura.

Para se ter ideia dos prejuízos só a lagarta falsa-medideira pode causar 15% de desfolha na soja na fase reprodutiva e 30% na fase vegetativa. Já o percevejo, que está entre as principais pragas da soja, compromete até 60% da produção. Uma pesquisa feita pela Embrapa na safra 2015/16 em lavouras de soja de Mato Grosso do Sul, mostrou que o MIP pode gerar uma economia de até R$ 125,58/hectare, resultado da menor quantidade de aplicações.

Este experimento comparou uma área do MIP e uma área convencional no município de Dourados (MS). Foram considerados os preços dos produtos usados no controle das pragas, operações com máquinas e mão-de-obra. Numa área de 360 hectares o produtor economizou mais de R$ 45 mil. No total a economia nacional com o manejo integrado resultou em economia de R$ 4 bilhões naquela safra.

 Além dos benefícios econômicos, a utilização do MIP na cultura da soja contribui para um melhor equilíbrio do sistema produtivo, pois ajuda a manter os organismos benéficos no campo, a ter uma menor resistência aos agroquímicos e reduz a liberação de pesticidas no meio ambiente. Para o sucesso o produtor deve levar em conta o monitoramento da lavoura para acompanhar cada talhão, planejando as aplicações. 

Segundo o CEO do software de gestão Farmbox, André Guerreiro Cantarelli, o produtor deve ter o controle de tudo para ter sucesso no MIP. A ferramenta envolve mapas de infestação de pragas; frequência de monitoramento de cada talhão; agenda de aplicações; estoque de insumos; previsão de colheita e de custos de produção, de produtividade e rentabilidade total ou por talhão, entre outros, para o planejamento completo de cada safra.
 

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink