Missão da OIE testa no Brasil novo sistema de gestão
CI
Agronegócio

Missão da OIE testa no Brasil novo sistema de gestão

Nova ferramenta terá maior precisão na verificação dos serviços veterinários
Por:

A Organização Mundial da Saúde Animal (OIE) escolheu o Brasil como área para a avaliação inicial de um novo sistema de gestão focado em resultados. Desde o dia 15 de março, três técnicos da organização estão no País para estudar a adoção da Performance Vision Strategy (PVS) – ou “Visão Estratégica de Desempenho” –, nova ferramenta de trabalho que permitirá acompanhar de forma mais precisa a evolução dos serviços veterinários. Em um segundo momento, o sistema seria estendido a outros países.

“O Brasil foi selecionado por causa da importância de sua produção e comercialização de animais e seus produtos”, explica o diretor do Departamento de Saúde Animal (DSA) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Jamil Gomes de Souza. “Os técnicos vieram conhecer nosso sistema veterinário e verificar no que ele difere das orientações da OIE, para propor alternativas de estruturação.”

A comitiva, que permanece no Brasil até o dia 26 de março, é chefiada pelo namíbio Herbert Schneider, que foi presidente da Associação Mundial de Médicos Veterinários e atualmente integra a Comissão Especializada da OIE. Participam, também, a mexicana Salomé Conoflan, epidemiologista que trabalha na representação da OIE nas Américas, e o veterinário mexicano Moisés Vargas Teran.

Desde a chegada ao Brasil, o grupo da OIE já se reuniu com o ministro interino do Mapa, Luís Gomes, e diretores das áreas de saúde animal. Visitou, no sábado, frigoríficos de Goiás, e até o dia 26 conhecerá unidades de produção no Paraná, em Pernambuco, Minas Gerais e Rondônia, bem como o Centro Pan-Americano de Febre Aftosa, no Rio de Janeiro.

A missão tem reuniões previstas com associações de produtores e entidades de classe como a Confederação Nacional da Agricultura (CNA), o Conselho Federal de Medicina Veterinária e a Associação Brasileira da Indústria Exportadora de Carnes (Abiec). Também manterá encontro com pesquisadores da Universidade Federal de Minas Gerais.

“O objetivo é medir o grau de participação e comprometimento dos diversos setores com a eficácia e a melhoria dos serviços veterinários”, comentou Souza. O resultado das visitas será apresentado ao Departamento de Saúde Animal em reunião marcada para dia 26 de março, em Brasília.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink