Missão europeia avaliará SC para exportação de carne de suínos e bovinos vivos

Agronegócio

Missão europeia avaliará SC para exportação de carne de suínos e bovinos vivos

Por:
171 acessos

Técnicos do Escritório de Alimentação e Veterinária da União Europeia (FVO, sigla em inglês) virão ao Brasil, em outubro, para inspecionar Santa Catarina. A missão vai avaliar a possibilidade de habilitar o estado para exportar carne suína in natura e bovinos vivos.

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) vem promovendo gestões junto à União Europeia (UE) para validar as garantias sanitárias de Santa Catarina à exportação de carne suína e de bovinos vivos àquele bloco. O relatório favorável da Comissão Europeia à missão veterinária que, no início de 2009, avaliou o sistema de defesa agropecuária para a venda de carne bovina in natura, contribuiu para o agendamento da vinda dos veterinários.

Bovinos vivos - No bloco europeu, a Itália é a maior interessada na importação de bovinos jovens vivos destinados à engorda. O secretário de Defesa Agropecuária, Inácio Kroetz, explica que Santa Catarina foi escolhida com base na exigência sanitária da União Europeia para a compra de animais vivos. “O estado catarinense atende as condições sanitárias satisfatórias requeridas pela comunidade europeia para a exportação dos bovinos vivos, pois, há mais de dois anos, é reconhecido internacionalmente como livre de aftosa sem vacinação”, completou.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink