Mistura do álcool à gasolina será reavaliada em janeiro

Agronegócio

Mistura do álcool à gasolina será reavaliada em janeiro

O governo brasileiro deverá avaliar em janeiro uma nova elevação da mistura de álcool de 23 para 25%
Por: -Roberto Samora
2 acessos

O governo brasileiro deverá avaliar em janeiro uma nova elevação da mistura de álcool anidro à gasolina, de 23 para 25%, levando em conta a situação dos estoques na ocasião, disse o ministro da Agricultura, Luís Carlos Guedes Pinto, nesta terça-feira (14-11).

A hipótese de novo aumento é considerada antes mesmo de entrar em vigor a resolução número 36 confirmando a decisão do governo de elevar de 20 para 23% a mistura obrigatória, a partir do dia 20. "Houve um compromisso de que o governo, no mês de janeiro, vai fazer uma reavaliação. Já houve aumento de 20 para 23%. Vamos avaliar a evolução dos estoques em janeiro, e com base nessa avaliação será tomada uma decisão", declarou o ministro a jornalistas, após um evento na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

De acordo com Guedes, "o governo não tem interesse em sobrecarregar os estoques de passagem", considerando ainda que a safra da região Nordeste está em curso e que a próxima safra do centro-sul provavelmente será maior que a atual.

"Se na avaliação considerarmos que os estoques são confortáveis, e sabemos que a produção será ainda maior, e que as perspectivas agrícolas são favoráveis... Se forem confortáveis, muito provavelmente reavaliaremos para 25 por cento", disse o ministro. O setor produtor continua pressionando por uma adição de 25%, alegando que haverá produto suficiente para atender a uma demanda maior.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink