Moagem de cana atinge 90% da capacidade em MT

Agronegócio

Moagem de cana atinge 90% da capacidade em MT

Consumo mato-grossense de etanol deverá ficar entre 420 mil a 450 mil litros
Por:
1344 acessos
De acordo com o Sindicato das Indústrias Sucroalcooleiras do Estado (Sindálcool), 90% das plantas já estão em fase de produção. Das 11 usinas de moagem de cana-de-açúcar, apenas a Pantanal, de Jaciara, ainda não entrou em operação, o que deve ocorrer a partir da próxima semana. A usina deve moer 1 milhão de toneladas de cana-de-açúcar, com previsão de produzir 32 milhões de litros de etanol (hidratado e anidro) e 70 mil toneladas de açúcar.

Ao todo, serão moídas nesta safra 14,20 milhões de toneladas de cana-de-açúcar, incremento de 3,95% em relação as 13,66 milhões de toneladas processadas na safra anterior.

A produção de etanol deverá crescer 5,88%, passando de 850 milhões de litros para 900 milhões de litros. Desse total, 566 milhões/l serão etanol hidratado e, 334 milhões/l, anidro (adicionado à gasolina).

Já a produção de açúcar deverá recuar de 440 mil toneladas para 420 mil/t, redução de 4,55% na comparação com a safra anterior.

O consumo mato-grossense de etanol deverá ficar entre 420 mil a 450 mil litros. O excedente irá para os mercados que Mato Grosso já atende hoje - Acre, Rondônia e Amazônia. No caso do açúcar, 60% da safra ficará no Estado.

BRASIL – Em todo o país, a safra de etanol alcançará 25,51 bilhões de litros, incremento de 0,52% em relação à ultima safra. A projeção é da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica). De acordo com a entidade, a moagem prevista para a nova safra, que começou oficialmente em abril, é de 568,50 milhões de toneladas, crescimento de 2,11% em relação ao total processado na safra anterior.

ANP – De acordo com o mais recente levantamento de preços no varejo realizado pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), que monitorou 140 revendas de etanol no Estado, entre os dias 8 a 14 deste mês, o preço médio do litro em Mato Grosso é o segundo mais barato do Brasil, R$ 2,04, atrás apenas da média observada no estado de São Paulo, R$ 1,95. Analisando o comportamento das quatro últimas semanas, a média passou de R$ 2,25 para R$ 2,04, recuo de 9,3% de 17 de abril a 14 de maio. A atual média no Brasil ao litro do etanol é R$ 2,22.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink