Moçambique poderá voltar a exportar algodão para Alemanha
CI
Agronegócio

Moçambique poderá voltar a exportar algodão para Alemanha

Acordo foi firmado durante conferencia realizada no país europeu
Por:

Os cotonicultores de Moçambique vão poder voltar a exportar algodão em fibra para o mercado da Alemanha. A retomada dos negócios ocorreu após reunião com autoridades moçambicanas e alemãs.

A iniciativa foi apresentada durante a 23ª conferência internacional do algodão, ocorrida em Bremen, na Alemanha, que terminou no dia 21 de março. As informações foram repassadas pelo diretor-adjunto do Instituto do Algodão de Moçambique (IAM), Gabriel Paposseco.

No evento, Moçambique conseguiu ainda identificar e prospectar futuros investidores para apostarem no mercado moçambicano. O objetivo é desenvolver a indústria têxtil do país africano para se tornar um dos maiores exportadores de algodão no mundo.

A conferência em Bremen, na Alemanha, é realizada a cada dois anos pelo Instituto de Fibras de Bremen em parceira com a Bolsa de Valores da cidade. O objetivo principal é discutir a dinâmica global deste mercado no que diz respeito à produção, produtividade, sustentabilidade e competitividade da cadeia de valor desta cultura.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink