Moinhos paulistas promovem doação de mais de 4 mil kg de farinha de trigo

Imagem: Divulgação

SOLIDARIEDADE

Moinhos paulistas promovem doação de mais de 4 mil kg de farinha de trigo

Ação pretende auxiliar a população impactada pela pandemia da Covid-19
Por:
74 acessos

A Associação Brasileira da Indústria do Trigo (Abitrigo), em parceria com o Sindicato da Indústria do Trigo no Estado de São Paulo (Sindustrigo), deu início ao projeto “Farinha Solidária”, que tem como principal objetivo promover o auxílio a entidades assistenciais que atendem pessoas em situação de vulnerabilidade social, impactadas pela pandemia da Covid-19.

“Neste momento em que a sociedade se encontra, o setor industrial de moagem se vê em um papel importante no auxílio à população em situação de vulnerabilidade social, que já enfrenta dificuldades no dia a dia e sofrerá forte impacto por conta do coronavírus. Foi pensando nisso que desenvolvemos essa ação”, destaca o presidente-executivo da Abitrigo, Rubens Barbosa.

Entre o mês de maio e junho, moinhos paulistas promoveram a entrega de mais de 4 mil kg de farinha de trigo para instituições da cidade de São Paulo, São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul.

“Nosso produto é um alimento essencial para o ser humano, presente nas mesas dos brasileiros diariamente. Entendemos que em um momento como o que estamos vivendo temos que estender as mãos para a sociedade e oferecer auxílio aos que precisam”, afirma o presidente do Sindustrigo, Valnei Origuela.

Dentre as entidades beneficiadas está o Arsenal da Esperança, na cidade de São Paulo, que recebeu por 60 dias a doação de 2 mil kg de farinha de trigo, doadas pelo Moinho Anaconda, para a produção de cerca de 50 mil pães em sua padaria industrial. A instituição, que originalmente já tinha estrutura para acolher 1.200 pessoas em situação de rua, em virtude da pandemia da Covid-19, transformou-se em um lar temporário para que a essa população pudesse cumprir ali a quarentena.

O Moinho Correcta fez a doação de 1 mil kg de farinha, quantidade que foi dividida entre duas instituições da capital paulista. Entre elas está o Serviço Franciscano de Solidariedade, que serve toda a tarde, no Largo São Francisco, chá e pão à população de rua, prática que deixou a ação conhecida popularmente como o “Chá do Padre”.

Ação com Bancos de Alimentos

O Banco de Alimentos de São Paulo recebeu a segunda metade da doação de farinha de trigo do Correcta. No total, a entidade recebeu cerca de 500 kg do produto que foi redirecionado a cinco instituições da capital paulista, que também estão promovendo ações com a população afetada pela pandemia, com um alcance aproximado de mais de 3 mil pessoas.

O Moinho Santa Clara promoveu a doação de 1 mil kg de farinha de trigo, dividida entre os Bancos de Alimentos das prefeituras de São Bernardo do Campo e São Caetano do Sul. Na cidade de São Bernardo do Campo, 12 entidades assistenciais receberam o produto e promoveram a entrega de pães, produzidos em suas padarias e destinados aos assistidos. Já em São Caetano do Sul, 11 instituições receberam a doação e cerca de 900 pessoas foram beneficiadas.

Ação no Brasil

A Abitrigo expandiu a área de atuação do projeto convidando moinhos de outros estados do país a participarem, doando farinha de trigo para entidades assistenciais que estejam promovendo ações direcionadas a populações que se encontram em dificuldades devido à pandemia.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink