Monsanto investe 1,6 milhão de dólares em unidade de pesquisa em Coxilha (RS)
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,156 (0,78%)
| Dólar (compra) R$ 5,59 (-0,36%)


Pesquisa

Monsanto investe 1,6 milhão de dólares em unidade de pesquisa em Coxilha (RS)

Foram ampliadas as estruturas físicas da unidade e houve a modernização de laboratórios e equipamentos
Por:
632 acessos

A unidade da Monsanto em Coxilha (RS) foi expandida e passa a abrigar pesquisas em soja. A área, que já era de pesquisa em milho, será multiculturas, unificando soja e milho na mesma unidade. Para concretizar a expansão, a Monsanto investiu US$ 1,6 milhão.

Foram ampliadas as estruturas físicas da unidade e houve a modernização de laboratórios e equipamentos. De acordo com o líder de planejamento e operações de pesquisa da Monsanto para América do Sul, Felipe Fiorentin, unir as pesquisas em soja e milho na mesma unidade aumentará a sinergia operacional e criará oportunidades de compartilhar atividades, recursos e conhecimento.

"A unidade de Coxilha está localizada em um ótimo ambiente para a seleção de tolerância ao frio, precocidade, resistência a algumas doenças, bem como para testar e introduzir germoplasma em clima temperado. A unificação das operações de pesquisa de milho e soja no sul do Brasil, impulsionará a implementação de nossa estratégia de Breeding 3.0", explica Fiorentin. Nessa estratégia de Breeding 3.0 (ou Pesquisa 3.0), a Monsanto cria produtos mais produtivos e sustentáveis, adotando técnicas de pesquisa mais eficientes e tecnologias de análises, predições computadorizadas, big data e automação.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink