Monsanto mostra a evolução da agricultura na Expodireto Cotrijal 2004
CME MILHO (SET/20) US$ 3,122 (0,19%)
| Dólar (compra) R$ 5,43 (-0,55%)


Agronegócio

Monsanto mostra a evolução da agricultura na Expodireto Cotrijal 2004

Por: -Admin
4 acessos

A Monsanto oferece em seu estande aos visitantes da Expodiretro Cotrijal 2004, em Não-Me-Toque, no Rio Grande do Sul, a evolução da agricultura, desde os tempos primórdios até a chegada da biotecnologia e as revoluções, que segundo a empresa, ainda trará no campo. No estande o agricultor pode conferir ainda as soluções para o controle de plantas daninhas nas culturas de soja e milho convencionais. A Expodireto termina nesta sexta-feira (19-03).

Nos últimos 50 anos, mesmo período em que a multinacional está presente no país, ocorreram mudanças radicais na agricultura mundial. Para conseguir alimentar uma população que vem crescendo a cada ano, os agricultores estão precisando triplicar a produção de grãos. Para isso, foi preciso adotar novas tecnologias para aumentar a produtividade.

Uma das grandes revoluções ocorreu com a descoberta da técnica do plantio direto, além da utilização de fertilizantes de melhor qualidade, agroquímicos e sementes híbridas. Mas somente essas técnicas não são suficientes para garantir o aumento de produção. Com a adoção de técnicas modernas como a biotecnologia está sendo possível cultivar plantas mais produtivas, hoje acessíveis tanto aos pequenos quanto aos grandes agricultores.

O Brasil ocupa hoje a quarta posição na produção de Organismos Geneticamente Modificados (OGMs), atrás dos Estados Unidos, Argentina e Canadá. Pela primeira vez o país foi incluído no relatório oficial do Serviço Internacional para Aquisição de Aplicações de Agrobiotecnologia (ISAAA). De acordo com o ISAAA, a área de transgênicos em 2003 chegou a 67,7 milhões de hectares no mundo, contra 58,7 milhões de ha em 2002, alta de 12%.

Com a aprovação dos OGMs no Brasil, o país contou um total de 3 milhões de hectares cultivados com soja geneticamente modificada, de acordo com o ISAAA. No entanto, a entidade admite que esta estimativa é conservadora, uma vez que apenas 50% do plantio de soja transgênica da safra 2003/04 havia sido concluído no período de levantamento das informações.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink