Monsanto nega denúncia do MST
CI
Agronegócio

Monsanto nega denúncia do MST

Por:

A Monsanto do Brasil negou ontem (13-03) que tenha incentivado com propaganda enganosa o plantio ilegal de soja transgênica em fazendas e assentamentos do Sul do país, conforme denuncia o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST). Segundo o diretor de comunicação do grupo no Brasil, Lúcio Pedro Mocsanyi, desde 1998 a Monsanto alerta que produtores desobedecem à ordem judicial e continuam plantando sementes transgênicas na região. A diretoria da empresa disse que, nos últimos cinco anos, fez dois comunicados, alertando para a ilegalidade de se produzir ou vender soja transgênica no país. Segundo o diretor, o plantio da soja transgênica ocorre porque o custo de produção é inferior.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.