Morangos cultivados o ano todo
CI
Agronegócio

Morangos cultivados o ano todo

Semi-hidroponia reduz o uso de agrotóxicos em 80%
Por:
Uma fruta tenra, doce, de cor vermelho marcante e com 80% menos de agroquímicos. Este é o resultado da produção de morangos através da semi-hidroponia, técnica que vem ganhando cada vez mais adeptos nas principais regiões produtoras da fruta no RS. A produção diferenciada e repleta de vantagens estabilizou a produção do morango, que é oferecido em praticamente todos os meses do ano. A Emater espera que, nos próximos três anos, mais de 50% da produção gaúcha (que em 2011 foi de 18,5 mil toneladas) venha desta técnica. A evolução é notável.


Na cidade de Bom Princípio, onde a associação de produtores tem 50 integrantes, há três anos, apenas dois produtores usavam a técnica. Hoje, 40 têm pomares com o sistema. O morango é tradicionalmente plantado no chão. Na semi-hidroponia, as mudas são implantadas em um substrato orgânico, feito de casca de arroz e subprodutos da indústria de celulose. Esse substrato é acomodado em sacolas plásticas brancas de 40 litros. Em cada sacola cabem de oito a 10 plantas. Essas sacolas são dispostas em um estrado de madeira, de 70 centímetros.


O espaço recomendado pela Emater é de 200m, onde cabem 3,2 mil plantas, três vezes mais do que se fossem plantadas em mesma área no solo. De acordo com o engenheiro agrônomo da Emater, Enio Ângelo Todeschini, a produtividade também é três vezes maior. A redução do uso de agroquímicos resulta em menos custos e um produto mais saudável. Outra vantagem é que o trabalho do produtor fica menos penoso.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink