MP age contra uso de agrotóxico ilegal
CI
Agronegócio

MP age contra uso de agrotóxico ilegal

Procuradora designa promotor de Justiça para apurar comércio de alimentos contaminados na Ceasa de Maracanaú
Por:
Procuradora designa promotor de Justiça para apurar comércio de alimentos contaminados na Ceasa de Maracanaú

Fortaleza - O promotor de Justiça Fabrício Barbosa, da Promotoria de Justiça de Maracanaú, foi designado para acompanhar a apuração de denúncia sobre uso de substância agrotóxica proibida em produtos comercializados na Central de Abastecimento do Ceará (Ceasa, em Maracanaú, na Região Metropolitana de Fortaleza.


A designação partiu da coordenadora do Centro de Apoio Operacional de Defesa do Meio Ambiente (Caomace), mantida pela Procuradoria Geral de Justiça (PGJ), Sheila Pintombeira, após denúncia publicada no Diário do Nordeste, na edição do último dia 8. Na ocasião, o jornal revelou o uso da substância ativa Clorpirifós, em tomates e pepinos, vendidos naquela Central de abastecimento.


A constatação se baseou em análise feita sob encomenda à Fundação Núcleo de Tecnologia do Ceará (Nutec). Também foram levadas à análise alface, melão e pimentão, mas tiveram resultados satisfatórios quanto ao uso de ativos proibidos.

Segundo decisão da procuradora de Justiça, foi expedido ofício à direção da Ceasa, requisitando informações sobre as medidas e procedimentos adotados ao acompanhamento e monitoramento da qualidade dos produtos hortifrutigranjeiros ali comercializados.


Decom

Outra decisão foi a expedição de ofício ao Nutec, requisitando cópia do laudo sobre a análise dos produtos encaminhados ao Diário. Além dessas ações, a coordenadora do Caomace determinou expedição de ofício à Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA) sobre as medidas de extensão rural de apoio à agricultura familiar, relacionadas a substâncias químicas no cultivo rural.


Por fim, expediu ofício à Secretaria Executiva do Decom, da PGF, para agendar reunião para exame de possibilidade de atuação conjunta voltada à proteção do meio ambiente e a defesa do consumidor.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.