MS: Calor prejudica hortaliças e preços aumentam 20%

Agronegócio

MS: Calor prejudica hortaliças e preços aumentam 20%

Alface é um dos produtos mais afetados e oferta é reduzida
Por:
811 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente
Obrigado por se cadastrar
  • Enviamos a você um email de boas vindas para ativação de seu cadastro.
Além do desconforto geral para a população, onda de calor também está tendo reflexos sobre os preços das hortaliças que vão à mesa do consumidor campo-grandense. Somente na última semana, a alta já alcançou 20% entre os produtos comercializados na Central de Abastecimento de Campo Grande (Ceasa).

Além de chegar mais caros aos boxes do local, itens como alface e repolho também têm sido disputadíssimos por pequenos comerciantes, que depois vão revendê-los em feiras, sacolões, minimercados e mercearias da Capital, por causa da baixa qualidade – como muitos chegam murchos, pequenos e queimados em decorrência da alta temperatura – leva os melhores quem chegar primeiro. O resultado é que as folhosas simplesmente estão “sumindo” mais cedo do Ceasa. Foi o que aconteceu ontem, dia de pico, e deve se repetir amanhã e sexta-feira, dias em que pelo menos 3,5 mil pessoas e 2 mil carros movimentam o complexo.

“A onda de calor está prejudicando e muito a produção. Com as condições climáticas dos últimos dias, produtos que durariam um dia não conseguem permanecer em boas condições por todo esse período. Como a gente importa 85% do que comercializa, chegam produtos mais caros e de baixa qualidade. Na hora da seleção, dificulta e não estamos conseguindo atender à demanda”, reconheceu Cristiano Chaves, coordenador da divisão de Mercado e Estatística da Ceasa.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink