MS: produtores rurais se preparam para o início da campanha de vacinação contra aftosa
CI
Imagem: Pixabay
FEBRE AFTOSA

MS: produtores rurais se preparam para o início da campanha de vacinação contra aftosa

Etapa de novembro começa no próximo domingo (1º) e “movimenta” as atividades no campo
Por:

Com o início do calendário de vacinação contra a febre aftosa, 1º de novembro, produtores rurais de Mato Grosso do Sul já estão preparados para atender todos os protocolos para imunização do rebanho. É o caso de Eleíza Moraes Machado que, anualmente, supervisiona as etapas realizadas na propriedade Rancho Alegre, em Campo Grande. Esse é o depoimento do Senar/MS #TransformandoVidas da semana.

“A vacinação contra febre aftosa é fundamental para todos os produtores rurais. Nós temos esse entendimento de que essa imunização é o que garante a qualidade da nossa carne e a comercialização para outros países. Eu mesma compro as vacinas; e a equipe acompanha tudo no mangueiro. Todos os anos, tanto na campanha de maio quanto nessa de novembro, a propriedade atende todo o protocolo exigido pela Iagro [Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal]”, relata a produtora.

Eleíza tem consciência da importância da vacinação do rebanho para que Mato Grosso do Sul evolua nas etapas do PNEFA (Programa Nacional de Vigilância para a Febre Aftosa).

“Acredito que todos os produtores estão ‘antenados’ nisso, cumprindo à risca a vacinação. Uma propriedade que deixa de vacinar prejudica um rebanho inteiro e nosso estado vem, todos os dias, despontando no mercado e aumentando sua produtividade. Acompanhamos o avanço de outros estados, como Santa Catarina e Paraná, que já são livres de febre aftosa sem vacinação. Tenho certeza que todos os produtores rurais se empenham, exercem seu papel fundamental que é vacinar, seguir o protocolo correto, as datas de vacinação corretas”, detalha.

O Senar/MS e o Sistema Famasul priorizam as orientações aos produtores rurais em relação a pontos cruciais da campanha, como calendário de vacinação e de registro nas diversas regiões do estado, além de recomendações e cuidados com a vacina na aquisição, armazenamento e manejo.

“O Senar tem uma presença bem importante na propriedade, como por exemplo nos treinamentos dos funcionários. Recebemos apoio em todas as nossas atividades, atendendo as nossas necessidades”, disse.

Transformando Vidas – Toda sexta-feira, o Sistema Famasul divulga uma reportagem sobre a atuação do Senar/MS e suas transformações no campo. Acesse nosso canal no YOUTUBE e veja outros depoimentos.

No site e redes sociais, você confere outras notícias sobre Bovinocultura de Corte e Campanha de Vacinação contra Febre Aftosa nas editorias de ‘Mercado Agropecuário’ e ‘Educação no Campo’.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink