MS: VBP da Agropecuária tem crescimento estimado em 18,29% em 2021
CI
Imagem: Divulgação
VBP

MS: VBP da Agropecuária tem crescimento estimado em 18,29% em 2021

A expectativa para 2021 é de aproximadamente R$ 68 bilhões em faturamento do setor
Por:

O VBP (Valor Bruto da Produção) da agropecuária de Mato Grosso do Sul em 2021 deve atingir R$ 68,75 bilhões em receita, aumento de 18,29% se comparado a 2020, que somou R$ 58,12 bilhões, conforme dados do IBGE e Cepea/Esalq (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada). Este é o assunto do #MercadoAgropecário desta segunda-feira (23).

A estimativa, prevê que o faturamento da agricultura chegue a R$ 46,8 bilhões, quase 20% superior aos R$ 39 bilhões do período anterior. Na pecuária esse aumento chega próximo aos 15%, saindo de R$ 19 bilhões em 2020, para R$ 21,9 bilhões em 2021.

“Os números refletem a expressiva valorização nos preços da agropecuária, compensando a menor produtividade de algumas lavouras como milho e cana-de-açúcar e a queda de produção no segmento da pecuária, bovino, aves e leite”, detalha a analista técnica do Sistema Famasul, Eliamar Oliveira.

Grãos - Apesar do crescimento estimado no faturamento do setor em Mato Grosso do Sul, os custos de produção implicam em um desafio ainda maior. Informações registradas pela Aprosoja/MS apontam que na safra de soja 2020/21 a média do custo operacional por hectare foi de R$ 3,4 mil. Desse valor, 52,4% foram gastos predominantemente para compra de insumos agrícolas para as lavouras.

O milho 2ª safra/2021 registrou um custo operacional de R$ 3,2 mil por hectare. A manutenção da lavoura foi responsável por 63,62% desse valor, com destaque para o uso de fertilizantes e sementes com 27,92% e 16,26%, respectivamente.

Conforme o Departamento Técnico do Sistema Famasul, os altos custos de produção são reflexo do aumento no preço dos insumos agrícolas no mercado nacional devido à valorização do dólar frente ao real, que encareceu as importações. “A safra de soja gerou resultado positivo com a produtividade dentro do esperado e produção recorde. Essa não será a realidade para o milho, a queda na produtividade implicará em maior custo por saca produzida”, analisa Eliamar.

Pecuária – Segundo informações do Cepea, no sistema de produção ‘recria-engorda’ na bovinocultura de corte, produzir uma arroba ficou 60% mais caro entre os meses de julho de 2020 a 2021. “Isso demonstra o tamanho do desafio enfrentado pelo invernista diante da valorização generalizada nos preços dos insumos”, finaliza a analista técnica.

Mercado Agropecuário – O Sistema Famasul divulga todas as semanas uma matéria sobre o andamento das principais cadeias produtivas de Mato Grosso do Sul. Acompanhe! Conheça também: Educação no Campo e Transformando Vidas.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.