MS já vendeu 36,14% da soja 2018/19

COLHEITA COMEÇOU

MS já vendeu 36,14% da soja 2018/19

O estado deve produzir cerca de 9,13 milhões de toneladas de soja
Por: -Leonardo Gottems
444 acessos

De acordo com dados divulgados na terça-feira (22.01) pela corretora Granos, o estado do Mato Grosso do Sul já colheu cerca de 4,6% dos 2,84 milhões de hectares plantados de soja para a safra 2018/2019. Os números representam aumento de 0,38% na comparação com a mesma época do ano passado.

A mesma corretora Granos informa que já foi comercializado 36,14% da safra atual, o que significa venda maior em relação com os 30,68% comprometido no mesmo período da temporada 2017/2018 mesma época da safra anterior. O estado deve produzir cerca de 9,13 milhões de toneladas de soja, a partir de um rendimento estimado de 3.215 kg/hectare.

“O custo de produção atualizado para janeiro ficou em 3.143,90 por hectare, ou seja, algo ao redor de R$ 58,67/saca. Como os preços desta semana, posto Dourados, estão ao redor de R$ 67,00/saca (comprador, para sermos conservadores), o lucro, neste momento, estaria por volta de 14,19% para quem tiver a produtividade média do estado, isto é, cerca de 54 sacas/hectare. Tudo o que for colhido a mais será lucro puro”, aponta o analista da T&F Consultoria Agroeconômica, Luiz Fernando Pacheco.

O especialista em mercado explica que o estado está dividido em dois: na região ao norte de Campo Grande, a área foi de 778.998 há, com rendimento de 3.251 kg/Ha e uma produção esperada de 2.526.494 toneladas. Já a região ao sul de Capo Grande deverá plantar 2.063.127 hectares, ter um rendimento de 3.201 kg/há e uma produção ao redor de 6.604.064 toneladas.

De acordo com a Consultoria AgResource, no Centro Oeste brasileiro os mapas climáticos trazem a renovação dos níveis de umidade do solo nesta semana. O modelo europeu (ECM) prevê que precipitações generalizadas entre 20 a 45mm acumulados deverão regar os solos de todo o Mato Grosso, Goiás e Mato Grosso do Sul, até o dia 27 deste mês.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink