MT: Colheita do algodão entra na reta final

Agronegócio

MT: Colheita do algodão entra na reta final

Na região Sudeste de Mato Grosso, de maior produção em algodão, a colheita atinge 85,0% da área plantada
Por:
316 acessos

Na região Sudeste de Mato Grosso, de maior produção em algodão, a colheita atinge 85,0% da área plantada

A safra 2013/2014 de algodão entra na sua reta final em Mato Grosso. Conforme dados do Instituto Mato-grossense de Economia Agrícola (Imea), os produtores já tinham colhido 86,7% do total plantado no Estado até esta quinta-feira (04/09). No entanto, essa marca representa um atraso de -6,1 p.p. em relação ao mesmo período do ano passado, quando a colheita da pluma já atingia 92,8%.

Os números atualizados do Imea revelam que as regiões Noroeste, onde se encontra Porto dos Gaúchos, e Nordeste, onde se encontram Água Boa e Canarana, já colheram 100,0% da área plantada com algodão nesta safra. Por outro lado, na região Sudeste, de maior produção em algodão, onde encontram Campo Verde e Primavera do Leste, a colheita atinge 85,0% da área plantada, com -8,2 p.p. de atraso em relação ao mesmo período do ano passado.

Nesta safra, Mato Grosso plantou um total de 645.916 hectares de algodão, projetando uma produção de 967.431 toneladas de algodão em pluma. O Imea vem percebendo uma produtividade de 100 arrobas por hectare de algodão em pluma no Estado, lembrando que na safra anterior a produtividade alcançou 101 arrobas por hectare de algodão em pluma. Considerando a produtividade do algodão em caroço, a safra atual teve um desempenho melhor, com 1.513 quilos, contra 1.075 quilos da safra anterior (alta de 41%).

Até agosto de 2014, um total de 66% da pluma de algodão produzida em Mato Grosso já tinha sido comercializada, segundo o Imea. No entanto, o mercado não tem sido dos melhores. Fatores como retração da demanda e grandes estoques vem provocando queda na cotação da pluma desde fevereiro, atingindo R$ 49,54/@ em 07/08, a pior cotação desde 07 de janeiro de 2013, de acordo com o instituto. Um alento veio a partir de fatores técnicos no mercado internacional, que registrou elevações nas últimas semanas, impulsionando as cotações internas do algodão. Outro dado trazido pelo Imea foi o custo de produção da safra 2014/15 de algodão em Mato Grosso, estimado em R$ 6.486,35 por hectare. Entre as três principais regiões, a Sudeste deve apresentar o custo mais baixo, com R$ 6.372,24.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink