MT: municípios decretam emergência por chuvas
CI
Imagem: Pixabay
ALERTA

MT: municípios decretam emergência por chuvas

Zona rural está isolada e há dificuldade de escoar produção
Por: -Eliza Maliszewski

Se a falta de chuvas causa prejuízo no campo no Sul do país, no Centro-Oeste é o excesso que traz transtornos aos produtores rurais.  O prefeito de Paranatinga (MT) decretou situação de emergência em decorrência das fortes chuvas que caem no município há vários dias. Houve elevação dos níveis dos córregos e rios da região, que acarretaram danos no trecho da MT-130.

No decreto, foi relatado ainda alagamentos na zona rural, nos acessos aos assentamentos Pontal do Piranha e Gaúcha do Norte, na região do Pacu/Matrinxã Rio Corgão e na região do Rio Piçarrão. As inundações causaram o isolamento de famílias na zona rural, prejuízos no escoamento de produção agrícola das regiões, além de deixarem pontes e estradas destruídas.

Paranatinga, localizada no Leste, é o quinto maior município de Mato Grosso e tem como base a soja. Com o decreto de situação de emergência, o município espera ter acesso a recursos estaduais ou federais de forma facilitada, além de poder fazer compras emergenciais para custear ações de combate à crise.

No final de dezembro, Confresa (MT), na Microrregião Norte do Araguaia, também decretou situação de emergência em razão dos temporais. No município, as chuvas danificaram pontes, causaram erosões em estradas de terra com erosão e inundaram casas em vários pontos.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.