MT: Sicredi oferece linha de crédito para projetos de energia solar
CI
Energia

MT: Sicredi oferece linha de crédito para projetos de energia solar

Instituição financeira cooperativa oferece condições especiais aos empresários do setor
Por:

Protagonista no desenvolvimento e fortalecimento dos negócios dos seus associados, o Sicredi inova mais uma vez e disponibiliza linha de crédito para o financiamento de projetos energéticos eficientes e de baixo impacto ambiental. Parceiro do Programa de Energia Sustentável da Indústria (Pesi), lançado no início de agosto pelo Sistema Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt), a instituição financeira cooperativa oferece condições especiais aos empresários do setor industrial filiados à entidade e associados do Sicredi para a aquisição de kits de geração de energia fotovoltaica.

Pautado em cinco pilares: Eficiência Energética, Programa Indústria Solar MT, Geração de Energia com Biomassa, Qualificação Profissional e Mobilidade Veicular Elétrica, o programa pretende fomentar soluções alternativas de geração de energia sustentável com custos menores e crédito acessível, além de dar destinação correta aos resíduos e estimular o conhecimento e adoção de práticas voltadas à sustentabilidade. Ao investir em fontes alternativas de energia, as indústrias podem reduzir em até 90% o custo com este insumo – um dos maiores da atividade – o que torna o investimento autofinanciável.

“Está no DNA do cooperativismo o estímulo à sustentabilidade. O Sicredi tem a missão de prover soluções econômicas aos seus associados e ao oferecer essa linha de crédito para aquisição de fontes mais econômicas e mais sustentáveis de geração de energia cumprimos mais uma vez o nosso papel. É a sustentabilidade sendo colocada em prática no cooperativismo”, destaca o presidente da Central Sicredi Centro Norte, João Spenthof.

A linha de crédito oferecida pelo Sicredi contempla o Programa Indústria Solar MT, dentro do Pesi. É destinada aos proprietários da indústria e seus sócios que queiram investir em estruturas para geração elétrica por fonte fotovoltaica nas suas empresas e residências. Trabalhadores da indústria também podem contratar, mas é preciso abrir uma conta e se tornar associado de uma cooperativa do Sicredi em Mato Grosso, onde atuam nove cooperativas, com um total de 138 agências espalhadas por 109 cidades. Essas agências já estão preparadas para atender as solicitações.

Com recursos próprios, a linha de crédito oferecida pelo Sicredi para o financiamento dos projetos energéticos sustentáveis tem taxas de juros competitivas e o processo de análise é desburocratizado. As empresas podem contratar o crédito com taxa pré-fixada a partir de 1,10% ao mês, com até 36 meses para pagar. Na taxa pós-fixada, a taxa é a partir de 0,50% a.m. + CDI com até 72 meses. As pessoas físicas também podem acessar a linha, com taxa pré-fixada a partir de 1,20% a.m. com até 36 meses para pagamento, e taxa pós-fixada a partir de 0,55% a.m. + CDI, com prazo de até 72 meses.  O valor do crédito vai depender do projeto energético.

Com essas condições, o presidente do Sistema Fiemt, Jandir Milan, acrescenta que o investimento é autofinanciável porque o pagamento das parcelas é compensado pelo valor economizado na conta mensal de energia. “Por ser o principal insumo das indústrias e o mais caro, principalmente em Mato Grosso, nós precisamos sempre buscar alternativas para reduzir os custos de produção. Reduzir a conta de energia é aumentar a competitividade, a produção, a geração de empregos e de renda”, resume.

O Programa

Um dos pilares do Programa de Energia Sustentável da Indústria (Pesi), o Programa Indústria Solar MT oferece projetos customizados de acordo com o porte e necessidade do interessado (empresa ou pessoa física). São disponibilizados sete modelos de kits de geração, sendo quatro para indústrias e três para residências. Todos os projetos, tanto os pré-formatados quanto os customizados, têm condições diferenciadas de financiamento. Além de ter o Sicredi como parceiro para o financiamento, o programa conta com parceria das empresas Engie e WEG, para o fornecimento e instalação dos kits.

 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink