MT: soja está cotada em 155,18/saca, diz IMEA
CI
Imagem: Pixabay
RELATÓRIO

MT: soja está cotada em 155,18/saca, diz IMEA

Com ao aumento das cotações da soja em grão, a margem de esmagamento apresentou queda de 5,16% na média semanal
Por: -Aline Merladete

Acompanhando a alta do dólar, o indicador para o preço disponível da soja em MT obteve leve alta de 0,99% em relação à semana anterior, cotado a R$ 155,18/sc. De acordo com o relatório do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA), atrelado à alta do dólar corrente, o preço paridade de exportação para março de 22 obteve acréscimo de 2,65% na média semanal, com as cotações em torno de R$135,02/sc.

Devido ao aumento das cotações da soja em grão, a margem de esmagamento apresentou queda de 5,16% na média semanal, cotado a R$ 466,03/t.

Durante praticamente todo o mês de março/21 a soja em Chicago ficou oscilando entre US$ 14,00/bu e US$ 14,50/bu. Os principais fundamentos que guiavam e equilibravam o mercado eram o avanço da colheita de soja no Brasil, as condições climáticas na Argentina e a forte demanda pela soja norte-americana. Porém, no último dia do mês, os preços aumentaram tanto que atingiram seu limite de alta diária: de US$ 0,70/bu.

O motivo foi a surpresa nos dados divulgados pelo USDA sobre a intenção de área plantada de soja nos EUA. Enquanto o mercado aguardava um valor próximo de 36,45  milhões de ha, o USDA reportou 35,45 milhões de ha, 1 milhão de ha a menos! Para se ter uma ideia, a estimativa do Fórum Agrícola do USDA (em fevereiro) foi de 36,42 milhões de ha. Com isso, a projeção de produção reduz consideravelmente e impulsiona ainda mais os preços em Chicago neste momento.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink