MT acumula bons resultados
CI
Agronegócio

MT acumula bons resultados

Saldo de US$ 6,45 bi no acumulado é recorde e representa 90% do obtido pelo Brasil
Por:
Saldo de US$ 6,45 bilhões no acumulado do ano é recorde e representa 90% do obtido pelo Brasil


Mato Grosso registrou mais um recorde histórico no superavit da balança comercial com saldo de US$ 6,45 bilhões no primeiro semestre deste ano. O montante representa mais de 90% do superavit do país no mesmo período (US$ 7,06 bilhões), sendo o segundo maior valor entre os estados brasileiros perdendo apenas para Minas Gerais (US$ 10,61 bilhões.). Os dados são do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic), elaborados pela PR Consultoria.


Segundo o levantamento, o saldo comercial regional registrado no acumulado do ano é 49% maior do que o registrado de janeiro a junho de 2011. As exportações foram responsáveis por esse desempenho, contabilizando a soma de US$ 7,1 bilhões no intervalo. O resultado garantiu a Mato Grosso a 6ª colocação no ranking brasileiro de comercialização externa, com 6% de participação no país, superando o Pará, o Espírito Santo, a Bahia e Santa Catarina. Em 2011 no mesmo período a participação do Estado nas exportações era de apenas 4,3%.

CENÁRIO
As exportações acumuladas de US$ 7,11bilhões aumentaram 39% em relação aos US$ 5,10 bilhões do mesmo período de 2011. As importações caíram 14,7% saindo de US$ 777,59 milhões do ano passado para US$ 663,39 milhões neste ano o que contribuiu para o aumento do saldo comercial.


Dentro desse cenário das exportações estaduais, o agronegócio foi o grande destaque com o saldo de US$ 7,03 bilhões, puxado principalmente pelo complexo do soja (US$ 5,8 bilhões). Segundo o analista de mercado da PR Consultoria, Vitor Timo, o fato das exportações desse conjunto terem registrado uma expansão de 54% em valor frente a 2011, é especialmente por conta do forte aumento dos embarques físicos de óleo, soja-grão e farelo, com 106%, 52% e 27% respectivamente.

Mato Grosso embarcou no primeiro semestre 8,7 milhões de toneladas de soja em grão, contra 5,7 milhões (t) no ano passado. Já o óleo foram exportados 309 mil toneladas, enquanto em 2011 foram 150 mil (t). Os embarques de 2,42 milhões de toneladas de farelo superam o volume do ano passado, que chegou a 1,9 milhões (t).


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink