MT contribui com 15% de participação no resultado de insumos
CI
Imagem: Nadia Borges
CENÁRIO DESAFIADOR

MT contribui com 15% de participação no resultado de insumos

Receita da 3tentos cresce 66% no 1º trimestre de 2022, e lucro bruto ajustado atinge R$200 milhões
Por:

A 3tentos, o ecossistema mais completo do agronegócio no Brasil, registrou Receita Operacional Líquida de R$1,273 bilhão no primeiro trimestre de 2022 (1T22). O crescimento da receita foi de 66% em relação aos R$769,2 milhões do 1T21, com expansão nos três segmentos da empresa (Insumos, Grãos e Indústria), mesmo em um cenário desafiador de forte estiagem que atingiu a Região Sul do país e início da guerra entre a Rússia e a Ucrânia, que trouxe impactos ao suprimento global de grãos e fertilizantes.

Segmento de Insumos – A Receita Operacional Líquida (ROL) de Insumos cresceu 28,2% no 1T22 sobre o 1T21, para R$373,8 milhões, apesar da estiagem no Rio Grande do Sul e mesmo com menor aplicação de defensivos por parte dos produtores. Esse resultado reflete a expansão da 3tentos em novas regiões no estado do Rio Grande do Sul e entrada no Mato Grosso (responsável por 15% de Insumos), ganho de market share nas áreas em que atuamos, além de pequena antecipação sazonal da compra de fertilizantes pelos produtores.

Segmento de Grãos – Puxada especialmente pela comercialização de trigo, que apresentou safra muito positiva no Rio Grande do Sul em 2021, a receita líquida de Grãos foi de R$328,7 milhões no 1T22, apresentando forte crescimento de 237,2% em relação ao 1T21.

Segmento de Indústria – O volume de farelo e o preço de biodiesel, impulsionado pela alta na cotação das commodities, impactaram de forma positiva o resultado da Indústria, que atingiu R$570,7 milhões no 1T22, um avanço de 50% sobre 1T21. 

“O modelo de negócio resiliente da 3tentos já conta com a diversificação geográfica, fundamental para mitigar ainda mais os efeitos e riscos climáticos que possam afetar os nossos mais de 18 mil clientes. Continuamos em ritmo acelerado de expansão no Mato Grosso e consolidação da nossa presença no Rio Grande do Sul”, afirma Luiz Osório Dumoncel, CEO da 3tentos. Ele acrescenta: “Contamos com um time dedicado e comprometido na entrega de mais um ano de bons resultados, oferecendo boas soluções ao produtor rural e agregando valor ao grão que processamos na indústria”. 

O Lucro Bruto Ajustado da 3tentos atingiu R$199,8 milhões no 1T22, um aumento de 63,9% na comparação com o 1T21. A 3tentos contou com uma contribuição importante do segmento de Insumos, cujo lucro cresceu 61,7% devido à expansão de novas lojas no Rio Grande do Sul e no Mato Grosso, à melhora no mix de produtos vendidos e à gestão eficiente de estoques. No segmento de Grãos, o crescimento do lucro de 308,7% foi puxado pela comercialização de trigo e melhores preços para o milho. E no caso da Indústria, o lucro apresentou crescimento de 31,4% com a recuperação da margem no Biodiesel e, por outro lado, queda na margem do farelo na comparação com o 1T21.

No 1T22 o lucro líquido ajustado da companhia foi de R$ 84,2 milhões, apresentando também forte crescimento, de 38,7%, em relação ao 1T21. 
Em julho de 2021, a 3tentos realizou o seu IPO no Novo Mercado, o mais alto nível de governança na B3. A companhia foi a mercado para captar os recursos necessários para a expansão de suas atividades nos estados do Rio Grande do Sul e Mato Grosso. Na ocasião, o IPO movimentou R$ 1,37 bilhão entre oferta primária e secundária. Em janeiro de 2022, fez uma oferta subsequente de ações (Follow-on) de apenas R$5 milhões no âmbito da Instrução CVM 400, que permitiu destravar as negociações de ações para todos os tipos de investidores, incluindo pessoas físicas. Até então, só era permitida a negociação por investidores qualificados, uma vez que o IPO da Companhia fora realizado observando a Instrução CVM 476, de distribuição com esforços restritos. 

Expansão no RS e no MT - O plano de expansão da 3tentos segue acelerado.  No Mato Grosso, do plano original de abrir 8 lojas na região da BR-163, três já foram inauguradas: em 2021, na cidade de Sinop, e, em 2022, nas cidades de Sorriso e Matupá, além da construção da nova fábrica de processamento de soja e produção de biodiesel em Vera (MT), que já se encontra com mais de 50% de conclusão da obra (previsão de entrada em operação no segundo semestre de 2023). Antes disso, em junho de 2022, a Unidade de Vera já passará a contar com capacidade de armazenamento e começará a realizar a originação de milho. No Rio Grande do Sul, foram abertas 7 novas lojas em 2021, uma unidade a mais do que o previsto, nas cidades de Alegrete, Erechim, Palmeira das Missões, Santiago, São Borja, Uruguaiana e Vacaria. Em 2022, serão abertas 5 novas lojas no RS, totalizando 52 unidades no estado. A planta industrial de Cruz Alta/RS também concluirá o aumento da capacidade no processamento de soja, passando de 1.000 ton/dia para 2.000 ton/dia a partir de junho/2022. 
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.