MT pode ter ainda mais gargalos para escoar a safra no ano que vem

Agronegócio

MT pode ter ainda mais gargalos para escoar a safra no ano que vem

Nova lei dos caminhoneiros pode complicar mais o modal
Por:
1459 acessos
O secretário geral da Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove), Fábio Trigueirinho, comenta que o próximo ano será difícil para Mato Grosso quanto ao escoamento de grãos, o que pode impactar nas exportações. “Mato Grosso tem um sério problema de logística, pois é longe dos grandes portos.


O fato do transporte ser praticamente todo no modal rodoviário irá complicar ainda mais com a nova legislação dos motoristas profissionais. Caminhão para rodar tem, mas falta o motorista”.

Em outubro, as Tradings Companies enviaram em produtos mato-grossenses US$ 41,761 milhões a menos na  comparação com o período de 2011.

O montante representa uma queda de 19,25%. Em outubro deste ano US$ 175,175 milhões foram mandados para fora do país pelo Estado, enquanto em 2011 haviam sido US$ 216,936 milhões. Fato dos produtores não terem mais soja nas mãos para comercializar às tradings é o motivo. O maior pico registrado é de maio com US$ 396,249 milhões enviados, valores superiores aos US$ 266,477 milhões de maior do ano passado.


Os dados são da Secex e revelam que a participação de Mato Grosso nos envios nacionais caiu de 8,48% para 7,67% no comparativo do mês. Maio registrou 16,77% de participação.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink