MT receberá novo ministro da Agricultura em abril
CI
Agronegócio

MT receberá novo ministro da Agricultura em abril

Stephanes se encontrará com representantes do setor produtivo e de entidades de classe do Estado
Por:

A primeira visita do novo ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes, a Mato Grosso deve acontecer no próximo mês. Ainda sem data definida, Stephanes se encontrará com representantes do setor produtivo e de entidades de classe do Estado. O convite foi feito no último domingo (25-03), em Curitiba (PR), pelo governador licenciado de Mato Grosso, Blairo Maggi (PR), durante reunião com o ministro. Assim que retornar das férias (após o dia 8 de abril), Maggi deverá ser recebido pelo ministro em Brasília.

Este foi o primeiro encontro entre Maggi, representante do maior Estado produtor de grãos – que sofreu fortemente os efeitos da crise da agricultura – com o novo ministro, cuja indicação teve algumas restrições por parte da bancada ruralista no Congresso. A reunião, que durou uma hora e vinte minutos, transcorreu com absoluta cordialidade, de acordo com o deputado federal pelo Paraná Rodrigo Rocha Loures (PMDB), que acompanhou a conversa.

Maggi reiterou que não vetou o nome do ministro, mesmo porque não o conhecia pessoalmente. “Pela sua experiência e seu interesse em resolver os problemas do setor creio que ele terá uma gestão muito produtiva”, disse Maggi. “Para o ministro, o governador é referência da agricultura moderna e um dos responsáveis pela organização do setor produtivo”, disse o deputado paranaense. Na conversa, Stephanes afirmou que uma das prioridades de sua gestão será aumentar os investimentos na defesa animal e vegetal.

Durante a reunião, Stephanes sinalizou que o Ministério poderá contar com nomes do Estado indicados pelo governador Blairo Maggi. “O ministro está querendo fazer um bom trabalho. Sua política é a de confiar em pessoas competentes. Seu critério é técnico e Mato Grosso possui gente respeitada em nível nacional. Por isso, ele [o ministro] vai precisar da orientação do governador para reforçar o ministério”, afirmou o deputado.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink