Multinacionais de soja anunciam investimentos no Paraguai

Agronegócio

Multinacionais de soja anunciam investimentos no Paraguai

País registrou, em 2010, a maior safra da sua história, com cerca de 7,5 milhões de ton
Por: -Guilherme Wojciechowski
2486 acessos
O Paraguai registrou, em 2010, a maior safra de soja da sua história, com cerca de 7,5 milhões de toneladas de grãos de alta qualidade e elevados lucros no setor produtor. Para 2012, tais lucros podem ser ainda maiores, com o anúncio de que novos investimentos estão a caminho.
 
De acordo com o Diário Última Hora, pelo menos duas multinacionais da soja (Bunge e Dreyfus) confirmaram investimentos da ordem de US$ 120 milhões no Paraguai, para a construção de unidades industriais para a fabricação de óleo de soja, farinha e derivados.

Neste sentido, por incrível que pareça, uma das circunstâncias que mais colaboram para o “súbito” interesse das empresas em investir no Paraguai é a situação política da Argentina, país que, nos últimos anos, impôs restrições e elevou a carga tributária que incide sobre o agronegócio.

Uma das maiores fábricas será instalada na localidade de Angostura, a 52 quilômetros de Asunción. A previsão é de que a unidade, que deve ficar pronta no primeiro trimestre de 2012 e dinamizará uma área hoje “esquecida”, gere cerca de mil empregos diretos e indiretos.

Outra multinacional interessada em ampliar seus negócios no Paraguai é a ADM, que deve investir, em 2011, US$ 16 milhões para a instalação de uma fábrica de fertilizantes. O local escolhido é a cidade de Villeta, a 27 quilômetros de Asunción e às margens do rio Paraguai.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink