Município de Sorriso (MT) lidera produção de soja no país
CI
Agronegócio

Município de Sorriso (MT) lidera produção de soja no país

Por:

A soja foi uma das mais importantes lavouras nacionais em 2002, destacando-se principalmente pelos grandes volumes exportados in natura. O Mato Grosso é o maior produtor brasileiro, responsável por 27,8% da safra desta oleaginosa no ano passado.

A maior parte de sua produção (54,1%) está concentrada em oito municípios, dentre eles Sorriso, destaca-se como o maior produtor do Brasil com 1.482.000 toneladas, o que representa 12,7% da produção do estado. A segunda posição é do Paraná com 9.538.774 toneladas, ou 22,6% da produção nacional. Juntos, os dois estados produzem 21.240.939 toneladas de soja, o que representa mais da metade do total nacional (50,4%).

Em Sorriso, principal município produtor de soja, verificou-se aumento de 212.550 toneladas (14%) na produção e de 85.000 hectares (18%) na área colhida. O milho registrou sua maior produção no município de Jataí, Goiás, com 388.608 toneladas, o que representa mais de 11% da produção goiana. Em 2002, a produção de Jataí apresentou redução de cerca de 3%, apesar de ter havido aumento da área colhida em 5% (4.776 hectares). Hoje, o maior produtor do cereal é o Paraná, responsável por cerca de 27% da produção nacional.

Em Uruguaiana, no Rio Grande do Sul, principal município produtor de arroz, houve aumento de 18% na produção e de 8% na área. Em Unaí, Minas Gerais, teve a maior produção de feijão do país, com quase 20% de todo o feijão produzido no Estado. Minas Gerais é o segundo maior produtor brasileiro de feijão, com cerca de 16% do total nacional. Em 2002, Unaí apresentou aumento de área e de produção em torno de 20% e 35%, respectivamente.

No caso do trigo, a região Sul é responsável por mais de 90% da produção brasileira, e o município paranaense de Assis Chateaubriand é o maior produtor nacional com 58.800 toneladas. O Brasil ainda é dependente das importações de trigo para suprir as necessidades do mercado interno, tendo como maior fornecedor a Argentina.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink