Município gaúcho decreta situação de emergência após registrar três mortes por gripe

Agronegócio

Município gaúcho decreta situação de emergência após registrar três mortes por gripe

município de Uruguaiana, no interior do Rio Grande do Sul, decretou situação de emergência por causa dos casos de influenza A (H1N1) – gripe suína.
Por:
264 acessos

Brasília - O município de Uruguaiana, no interior do Rio Grande do Sul, decretou situação de emergência por causa dos casos de influenza A (H1N1) – gripe suína. A medida foi tomada depois que três pessoas morreram na cidade em decorrência da doença, entre elas, uma mulher grávida de oito meses e uma menina de 5 anos.

Em nota, o prefeito de Uruguaiana, Sanchotene Felice, informou que agendou uma reunião para hoje (20) com o secretário de Saúde do estado, Osamra Terra, em Porto Alegre.

De acordo com a prefeitura, Uruguaiana é sede do maior porto seco da América Latina. Oitocentos caminhões transitam diariamente pela Ponte Internacional Brasil – Argentina, o que “facilita contágios e enfermidades”, destaca a nota.



Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink