Na contramão da crise
CI
Agronegócio

Na contramão da crise

Produtores de Campinas do Sul (RS) se unem para construir 24 aviários no sistema de condomínio
Por:
Produtores se unem para construir 24 aviários no sistema de condomínio, que depois de concluídos produzirão mais de 5,6 milhões de frangos por ano

Enquanto muitos produtores estão preocupados em repor os prejuízos causados pela estiagem e como pagarão as contas, em Campinas do Sul, quatro produtores se uniram em busca de um objetivo comum: multiplicar a atividade que dominam em pequenas áreas, com isso reduzindo custo de implantação, gastos com funcionários, sanidade, seguridade, entre outros benefícios. Em uma área de 12 hectares, os produtores Flávio Cazzuni, Ari Balbinot, Adriano e Alberto Folador irão construir 24 aviários, no sistema chamado condomínio de aves. O primeiro lote deve chegar no início de setembro.

Os aviários estão sendo construídos com a tecnologia dark house (casa escura), que é um sistema onde o produtor tem o controle de todo o período de crescimento. O produtor Cazzuni explica que, por meio de um programa de computador, é possível controlar a ambiência, a temperatura, a umidade relativa e a velocidade linear do ar. “O sistema apresenta uma curva de crescimento. Através dos dados coletados, ele calcula a necessidade de conforto térmico, além do mais, o produtor tem o total controle da luz, onde simula dias e noites”, esclarece.

O controle sobre o dia e a noite no crescimento das aves se torna fundamental, porque quando estão alimentadas as aves tendem a se “bicar” resultando em estresse. Escurecendo o ambiente eles ficam mais tranquilos. “Do ponto de vista técnico o produto ganha em genética, ambiência e nutrição”, enfatiza.

Hoje já estão concluídos quatro aviários, que vão abrigar as primeiras aves no início de julho. Até o final do ano, mais oito serão finalizados e, até o fim de 2013 serão construídos 24 aviários, de 136 metros de comprimento por 14 metros de largura. Cada aviário terá capacidade de abrigar 33,5 mil aves, totalizando 804 mil aves por lote, a cada 45 dias.

Por ano, cada aviário abrigará sete lotes, ultrapassando a marca de 5,6 milhões de frangos. Com um peso médio por frango de 3,2 kg, serão produzidas 18 toneladas de aves/ ano, com um rendimento que pode ultrapassar os R$ 46,8 milhões/ano.
Para o prefeito de Campinas do Sul, Neri Montepó, o município precisa ter uma agricultura forte e tecnificada, com investimentos na produção de leite, na avicultura e na suinocultura. Neste empreendimento, a prefeitura fez a terraplanagem e o cascalhamento da área onde serão construídos os aviários. “O investimento desses quatro produtores vai movimentar toda uma cadeia: comércio, gastronomia, hotelaria”, observa o prefeito.?

Os produtores também estão investindo em granja de suínos, onde hoje já estão abrigadas 2,1 mil matrizes e a meta é chegar a 2,2 mil, sendo terminados 1.200 animais por semana ou 4.800/mês, gerando R$ 1, 33 milhão/mês ou R$ 16,5 milhões/ano.

Incremento na riqueza gerada

De acordo com informações do consultor tributário da Amau – Associação dos Municípios do Alto Uruguai, Valdecir Moschetta, a previsão é de que o empreendimento gere um incremento de 93% no Valor Adicionado – valor correspondente à formação da riqueza gerada – do Município de Campinas do Sul, que em 2010 foi de R$ 68 milhões e deverá chegar a R$ 131 milhões. Com a expectativa do investimento em aves gerar R$ 46,8 milhões/ano e a ampliação na granja de suínos gerar outros R$ 16,5 milhões/ano, o retorno de ICMS deve aumentar 43%, o que representaria R$ 1.584.000,00/ano, ou R$ 132 mil/mês a mais no valor de retorno do imposto.

Valor agregado x diretriz estratégica
O presidente Francisco Franceschi e o diretor Executivo da Agência de Desenvolvimento, Adelino Collet, recordaram que o Planejamento Estratégico da região aponta em suas diretrizes a necessidade de agregar valor aos produtos produzidos nos 32 municípios do Alto Uruguai Gaúcho, visando incrementar a renda das famílias.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink