Na safra 2009/2010, milho e cana devem recuar, e soja avançar

Agronegócio

Na safra 2009/2010, milho e cana devem recuar, e soja avançar

A consultoria AgraFNP divulgou seu mais recente relatório sobre as safras de milho, soja e cana-de-açúcar
Por:
504 acessos

Milho

O levantamento de intenção de plantio para a safra 2009/2010 aponta que a lavoura de milho de verão deverá ocupar 8,61 milhões hectares no período, retração de 620 mil hectares (ou 6,7%) sobre 2008/2009. “O produtor se vê diante de diversas influências baixistas, como a boa evolução da safra nos Estados Unidos, a apreciação cambial, os enormes estoques domésticos, a postura fortemente defensiva por parte dos compradores e a frustração das exportações”, explica Pedro Collussi, analista da AgraFNP.

Por outro lado, a recuperação da produtividade deverá mais do que compensar a queda na área. A AgraFNP prevê que o rendimento médio deverá crescer 8,3% em 2009/2010, devido a três fatores: adoção crescente de variedades transgênicas mais produtivas, aumento da participação das áreas mais tradicionais dentro da área total e ausência de problemas climáticos extremos, como os que marcaram a última safra. No total, a AgraFNP projeta a soma das duas safras de milho em 2009/10 em 51,1 milhões de toneladas.

Soja

A área de soja deverá crescer 380 mil hectares em relação à safra anterior, passando para 22,1 milhões de hectares em 2009/2010. A maior parte deste aumento (88%) deverá ocorrer em estados tradicionais, como Rio Grande do Sul, Paraná, Goiás e Minas Gerais, onde a soja avançará sobre áreas de milho. A produção brasileira do grão nesta safra é projetada em 61,9 milhões de toneladas.

Cana-de-açúcar

No estudo feito pela AgraFNP, a quantidade média de ATR (açúcar total recuperável) por tonelada de cana está até 16 quilos abaixo da registrada na safra 2007/2008. Além das condições climáticas, o baixo índice de produtividade é reflexo da crise financeira que afeta o setor sucroalcooleiro com maior gravidade desde o final de 2008. “Com menor disponibilidade de crédito, muitos produtores ficaram sem capital para realizar a adubação correta nos canaviais”, diz Bruno Boszczowski, analista da consultoria.

A produção de cana-de-açúcar na safra 2009/2010 deve atingir 607 milhões de toneladas, 1,48% a menos que a estimativa anterior, de março. Na região Norte-Nordeste, serão moídas 63 milhões de toneladas, volume 4,57% menor se comparado com a estimativa anterior. No Centro-Sul, serão processadas 543 milhões de toneladas, cerca de 6 milhões a menos que na projeção de março.

A AgraFNP reduziu sua expectativa de produção de etanol na safra 2009/2010 em 600 milhões de litros. A produção de anidro deve atingir 8,9 bilhões de litros, 190 milhões a menos que a primeira estimativa. A produção de hidratado deve recuar para 17,9 bilhões de litros, 442 milhões de litros a menos que na projeção anterior. Já a produção de açúcar deve recuar para 36,1 milhões de toneladas, 200 mil toneladas a menos que a estimada no início do ano.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink