New Holland leva à Abertura Oficial da Colheita do Arroz a maior colheitadeira do país

NEW HOLLAND

New Holland leva à Abertura Oficial da Colheita do Arroz a maior colheitadeira do país

Desenvolvida para resolver os desafios da rizicultura, a CR 7.90 Arrozeira oferece mais tecnologia e produtividade
Por:
394 acessos

Pioneira na produção de máquinas agrícolas para rizicultura, a New Holland Agriculture, marca da CNH Industrial, participa este ano da 30ª Abertura Oficial da Colheita do Arroz, que ocorre na cidade de Capão do Leão (RS) entre os dias 12 e 14 de fevereiro. No tradicional evento do setor, a marca, que é sinônimo de tradição e tecnologia, levará ao evento a maior colheitadeira de arroz do Brasil. A CR 7.90 Arrozeira tem potência de 425 cv e tanque graneleiro de 12.330 litros.

­

A nova CR 7.90 Arrozeira é resultado da demanda de rizicultores que buscam cada vez mais produtividade e versatilidade no campo. Além de sistemas e peças reforçadas, a máquina oferece um graneleiro e uma taxa de descarga maiores do que qualquer outra colheitadeira de arroz, o que reduz as paradas e aumenta a eficiência no dia a dia. Somando todas essas características, esse equipamento garante até 28% a mais de produtividade.

“A Abertura da Colheita do Arroz é a principal vitrine para o mercado arrozeiro do país e a New Holland sempre foi líder e referência nesse setor. Este ano estamos levando a maior máquina do segmento para o evento”, reitera o gerente comercial da New Holland Jefferson Kohler. Segundo ele, por causa da sua alta capacidade de colheita, o equipamento vai trazer mais produtividade para o mercado.

Multicultura, a CR 7.90 Arrozeira tem todas as funcionalidades e ferramentas para colher outros grãos, como soja e milho, por exemplo. Equipada com o exclusivo sistema de duplo rotor, que garante um processo de debulha e separação incomparável, ela conta com o sistema ASP™, que evita a entrada de pedras no industrial da máquina; o sistema Intellicruise™, que controla automaticamente velocidade de colheita de acordo com as condições da lavoura; além do sistema de mesa nivelante, que garante a distribuição uniforme do material sobre o bandejão e peneiras, reduzindo drasticamente o índice de perdas na lavoura e oferecendo maior qualidade de grão dentro do tanque graneleiro.

“É uma máquina que tem o diferencial de ser multi-crop, ou seja, pode colher soja, arroz, milho, trigo, e tem muita flexibilidade e versatilidade. E é também um equipamento que o cliente consegue configurar com pneus ou esteiras, podendo usar plataforma draper ou caracol de 25 ou 30 pés. Além disso, é a máquina mais produtiva do segmento, com menor índice de perdas”, explica Guilherm Parize, gerente de Marketing de Produto da New Holland Agriculture.

Além de apresentar seu portfólio completo de soluções para a colheita do arroz, a New Holland Agriculture terá um estande no evento com espaço confortável para receber os clientes. Ao todo, quatro concessionários New Holland estarão presentes: Super Tratores, Fortral, Líder Tratores e AgroComin.

Desenvolvimento do setor

A tradicional Abertura Oficial da Colheita do Arroz, realizada pela Federação das Associações de Arrozeiros do Rio Grande do Sul (Federarroz), possui o objetivo de desenvolver o setor orizícola, reunindo produtores, autoridades, entidades e empresas do agronegócio com a finalidade de mostrar os últimos avanços científicos e tecnológicos na cultura do arroz, bem como discutir a realidade sócio-econômica do setor em nível nacional e internacional, segundo os organizadores.

Segundo Jefferson Kohler, o cenário para o arroz no Brasil este ano é bastante positivo. “O preço do grão está melhor e o produtor ganhou capacidade de investimento em equipamentos”, observa. Para a safra 2020, a expectativa da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) é de que o Rio Grande do Sul – maior produtor de arroz do país – colha 10,51 milhões de toneladas do grão, sendo beneficiado pelas condições climáticas favoráveis. O estado produz mais de 80% do arroz consumido no Brasil e estima-se para este ciclo um aumento de 0,6% na produção em relação à safra passada.

A Abertura Oficial da Colheita de Arroz ocorrerá de 12 a 14 de fevereiro na Estação Experimental Terras Baixas da Embrapa Clima Temperado, em Capão do Leão. O evento é realizado pelo Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga), Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Embrapa e Federarroz.

 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink