Norte do Paraná já vendeu 15% do trigo

Agronegócio

Norte do Paraná já vendeu 15% do trigo

Os produtores da região - maior produtor de trigo daquele estado - já venderam cerca de 80 mil toneladas de cereal colhido à Bunge
Por:
61 acessos

Os produtores da região Norte do Paraná - maior produtor de trigo daquele estado - já venderam cerca de 80 mil toneladas de cereal colhido à Bunge Alimentos e ao Moinho J. Macedo. Isso significa que tudo o que foi colhido na região já está comercializado. O Norte deve produzir 500 mil toneladas. Os triticultores paranaenses começaram a colher o trigo há 20 dias e a perspectiva é de que o fluxo do grão aumente no mercado a partir da segunda quinzena deste mês.

De acordo com um operador de uma corretora de Londrina, que pediu para seu nome não ser revelado, a Bunge comprou cerca de 50 mil toneladas de trigo, enquanto que o Moinho J. Macedo adquiriu 30 mil toneladas, diretamente do produtor. "Esses moinhos estão mais agressivos nas compras em relação aos demais??, diz a fonte. Os moinhos compraram o grão a R$ 640 a tonelada em média, com prazo de pagamento de até 20 dias depois do recebimento da mercadoria.

Segundo o analista da Safras & Mercado, Élcio Bento, em todo o estado do Paraná os triticultores colheram mais de 20% da safra de trigo 2007/08, estimada entre 1,8 milhão e 1,9 milhão de toneladas. As cooperativas estão comprando o trigo do triticultor e estocando o grão na espera de preços ainda mais remuneradores, já que o cenário permite, disse o analista da corretora. Existe problema climático nos principais produtores mundiais do cereal, como Austrália, Canadá e Argentina. Os produtores associados à Cooperativa Agroindustrial de Rolândia do Paraná (Corol), que reúne 7 mil membros, já colheram cerca de 35% do cereal, o equivalente a 100 mil toneladas. "Mas a comercialização está parada??, disse uma fonte da Corol.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink