Nova América entra para o clube do bilhão

Agronegócio

Nova América entra para o clube do bilhão

O grupo é o maior prestador de serviço para terceiras marcas, presente em 50% das marcas de sucos vendidas no país
Por:
1 acessos
De fala mansa e jeito simples, o empresário Roberto de Rezende Barbosa foge à regra do estereótipo de executivo estressado. Mas a verdade é que sob seu comando, o grupo Nova América deu um salto para se tornar o gigante do açúcar no varejo, com a compra da marca União, que pertencia à Copersucar. A aquisição da União permitirá ao grupo estar presente em todo o país, ampliando o faturamento dos atuais R$ 800 milhões para R$ 1,4 bilhão neste ano.


A estratégia da companhia para 2005 já foi muito bem traçada, com orçamento de R$ 180 milhões para investimentos em cana, logística e suco de laranja. "Queremos nos consolidar como um prestadores de serviço de qualidade ao consumidor", diz Rezende Barbosa. O executivo afirma que quer transformar a Nova América em uma grande empresa fornecedora de açúcar e suco de laranja para o varejo.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink