Nova Mutum: agricultores receberão recursos para cultivo de hortaliças


Agronegócio

Nova Mutum: agricultores receberão recursos para cultivo de hortaliças

O recurso é para a implantação do projeto piloto que permitirá à agricultura familiar, construir estufas para o cultivo das hortaliças, diversificando a atividade e ampliando suas possibilidades de geração de renda
Por:
1043 acessos
Aproximadamente R$ 45 mil, liberados a partir de convênio com Governo Estadual, serão utilizados em Nova Mutum para o fortalecimento da olericultura - cultivo de hortaliças. O recurso é para a implantação do projeto piloto que permitirá à agricultura familiar, construir estufas para o cultivo das hortaliças, diversificando a atividade e ampliando suas possibilidades de geração de renda.


Atualmente, segundo estudo feito pela Secretaria Municipal de Agricultura, em torno de 70% dos hortigranjeiros consumidos em Nova Mutum são oriundos de mercados externos. “Outros município de Mato Grosso e também de outros Estados estão fortalecendo suas economias vendendo para nós. Queremos inverter essa lógica, incentivando a cadeia produtiva para que nossos próprios agricultores abasteçam nosso mercado”, destacou o secretário Arildo José Marciano, por assessoria.


De acordo com o gestor, a agricultura familiar não pode mais ser só uma fonte de subsistência, mas também como de agregação de valor à propriedade, com a diversificação da atividade. “Só assim estaremos oferecendo oportunidade de melhora da qualidade de vida desses trabalhadores rurais e, via de consequência, contribuindo para que seus filhos também permaneçam no campo”, disse.


O convênio foi assinado com a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar (Sedraf) no final do ano passado e, conforme Arildo, a pasta municipal tem um cadastro de pessoas interessadas em participar. Agora, deverá ser feita seleção daquelas, cujo perfil se enquadra nas exigências do convênio. Além disso, o Executivo realizará processo licitatório para contratação da empresa que assumirá a responsabilidade pela construção das estufas.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink