Nova Mutum começa a preparar a sua Expomutum

Agronegócio

Nova Mutum começa a preparar a sua Expomutum

A realização da Expomutum 2005, tradicional exposição comercial, industrial e agropecuária de Nova Mutum
Por:
4 acessos

A realização da Expomutum 2005, tradicional exposição comercial, industrial e agropecuária de Nova Mutum, prevista para o mês de junho, vai ser avaliada na próxima semana pela Prefeitura Municipal, Comissão Organizadora e Associação Comercial e Industrial e Câmara dos Dirigentes Lojistas – ACINM/CDL. O momento de recessão pelo qual atravessa a agricultura de um modo geral, que é a base da economia do município, está gerando um grande questionamento em torno de sua viabilidade, já que uma das principais preocupações é fazer com que a festa pelo menos mantenha o mesmo nível da realizada em 2004.

Para tratar deste assunto, o presidente da ACINM, César Capelari e o diretor administrativo da entidade, José Chemin, estiveram reunidos ontem, quarta-feira, dia 09, com o prefeito Adriano Xavier Pivetta e o secretário municipal de Indústria, Comércio e Turismo, Valdomir Ottonelli. Eles trouxeram a preocupação do comércio local com relação a este assunto, pois a Expomutum faz aumentar o número de vendas e todos já estão se preparando para esta ocasião. A exposição também faz movimentar os segmentos de prestação de serviço, hotelaria, alimentícios, entre outros.

Ficou definido na reunião que a ACINM/CDL vai convocar os seus associados para debater na próxima semana, junto com Prefeitura e Comissão Organizadora, a viabilidade da festa. Na ocasião também deverá ser apresentada uma estimativa do investimento necessário. Segundo Valdomir Ottonelli a pré-disposição de empresas interessadas em patrocinar o evento será decisiva na tomada de decisão quanto à realização ou não. “Apesar do movimento econômico gerado para os diferentes segmentos, a Prefeitura não pode bancar tudo sozinha”, explicou o secretário.

Em 2004 a Expomutum firmou-se como uma das maiores e melhores exposições agropecuárias de Mato Grosso. O público expressivo, o grande volume de negócios, o alcance dos leilões, a diversidade de entretenimento e os shows de renome nacional, a exemplo de Chitãozinho e Xororó e Fala Mansa, foram fundamentais para que isso acontecesse. Mas a incógnita em torno de realizar ou não a exposição não é um caso restrito à Nova Mutum.

Feiras tradicionais e de destaque nacional, como é o caso da Agrishow Cerrado, estão sendo repensadas. É mais uma prova de que o bom resultado no setor agrícola é indispensável para todos os outros segmentos.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink