Nova variedade como estratégia
CI
Agronegócio

Nova variedade como estratégia

Produtores de trigo esperam aproveitar a queda na safra argentina para conseguir melhores preços
Por:

Para tornar a lavoura de trigo mais rentável este ano, o agricultor Dilermando Rostirolla, de Passo Fundo, investiu em uma nova variedade. Atento às novas tecnologias, buscou a Fundacep Raízes.

Com a colheita prevista para a primeira quinzena de novembro, Rostirolla espera alcançar entre 50 e 60 sacas por hectare. Em anos anteriores, a produtividade média ficava em 45 sacas por hectare.

O agricultor, que em agosto esteve nos Estados Unidos com um grupo de gaúchos para conhecer novas técnicas, cultiva trigo há 10 anos. ­Atualmente, a área de 60 hectares reservada para produção tritícola recebe todos os cuidados necessários.

– Quem souber planejar pode ter ganhos com o trigo. É preciso segurar o produto para conseguir um preço melhor – ensina o agricultor, que costuma vender o cereal até quatro meses depois da colheita e alcançar uma valorização de 30%.

Segundo o engenheiro agrônomo Cláudio Dóro, da Emater de Passo Fundo, o período próximo a colheita dos 974,9 mil hectares cultivados no Estado – que já teve início em São Borja – é determinante para a cultura, já que o trigo está em fase sensível (floração e enchimento do grão), ficando mais suscetível ao clima.

– As noites estão frias, os dias com temperaturas médias e a umidade é pequena. O clima está colaborando – explica Dóro.

Este ano, com uma área plantada de 2,3 milhões de hectares no país – ano passado foram 1,8 milhão de hectares –, a produção brasileira deve chegar aos 5,3 milhões de toneladas. Quantidade insuficiente para atender a demanda nacional, estimada em 10 milhões de toneladas. A seca na Argentina deve resultar em queda na produção.

– Teremos uma oferta menor de trigo no Mercosul. Isso pode refletir em um aumento do preço pago aos produtores nacionais – acredita Élcio Bento, da Safras & Mercado.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.